quinta-feira, 28 de fevereiro de 2013

Ketchup tem pelo de roedor

PROTESTE pede que lote da marca Heinz seja retirada do mercado após encontrar irregularidades em exame microscópico  
A PROTESTE está pedindo a retirada preventiva do mercado do lote 2C30 do Tomato Ketchup Heinz, 397 gramas, em que detectou a presença de pelo de roedor, através de exame microscópico. As amostras foram compradas em supermercado de São Bernardo, São Paulo, no final de 2012.
O problema foi detectado durante a realização de teste de ketchup envolvendo diversas marcas. Devido ao risco à saúde do consumidor, PROTESTE acionou a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) mesmo antes de terminar as demais avaliações.
As sujidades encontradas nas análises demonstram que o alimento é impróprio para consumo, com forte indício de que há problemas graves de higiene, além do não cumprimento das boas práticas de fabricação.
Diante da violação ao Código de Defesa do Consumidor, à Constituição Federal, e à legislação sanitária vigente, a PROTESTE está solicitando também  a imediata inspeção no fornecedor importador e distribuidor do produto Heinz comercializado no Brasil, a Coniexpress. Os fornecedores estão sendo notificados dos resultados encontrados no laboratório.

Fonte: Proteste

CNMP nega autorização para investigar repasse a rádio de Aécio


O Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP) decidiu nesta 3ª feira (ontem) arquivar a reclamação da Promotoria de Defesa do Patrimônio de Belo Horizonte que pedia a retomada das investigações sobre um caso (repasses publicitários) que envolve o presidenciável tucano, senador Aécio Neves (PSDB-MG).
O caso diz respeito a repasses publicitários do governo de Minas para a emissora rádio Arco-Iris (a Jovem Pan de Belo Horizonte), que tem entre seus sócios o senador e sua irmã, Andrea Neves, presidente do Serviço Voluntário de Assistência Social de Minas Gerais (SERVAS), na administração tucana do governador Antônio Anastasia.
O CNMP diz entender que a prerrogativa para analisar o caso é do procurador-geral de Justiça de Minas e, assim, na prática, mantém a investigação arquivada, conforme determinou o ex-procurador-geral de Justiça do Estado, Alceu José Torres Marques. O processo começou a tramitar no ano passado quando o coordenador de Defesa do Patrimônio de Belo Horizonte, João Medeiros Silva, decidiu analisar se os repasses de recursos públicos para a empresa do senador e de sua irmã foram constitucionais.
Irmã de Aécio chefiava núcleo que distribuía verbas publicitárias
Uma das irregularidades estaria no fato de Andrea Neves ter chefiado o Núcleo Gestor de Comunicação Social - responsável pela distribuição de verbas publicitárias do governo do Estado - nos oito anos de gestão de seu irmão, governador Aécio Neves (2003-2010).
Tão logo o processo foi instaurado, o então procurador-geral de Justiça do Estado, Alceu José Torres Marques, avocou o inquérito para a sua área e decidiu arquivá-lo sob o pretexto de que em 2011 investigara o caso e já decidira pela nulidade das acusações.
Suas decisões pró-arquivamento do caso acabam de ser chanceladas, assim, pelo Conselho Nacional do Ministério Público. Flagrante repetição do que eu aponto sempre aqui no blog, a prática dos dois pesos e duas medidas... o CNMP vai adotar essa mesma jurisprudência para casos semelhantes e análogos?

Por:  José Dirceu
Fonte: Blog do Zé

Entidades organizam lei popular e protestos por democratização da mídia


Após o governo ter descartado a possibilidade de firmar o marco regulatório das comunicações antes das eleições presidenciais de 2014, as entidades que integram o Fórum Nacional pela Democratização da Comunicação afirmam que desistiram de pressionar a presidenta Dilma e que passaram a elaborar um projeto de lei de iniciativa popular. Pedro Echmann, coordenador do Instituto Intervozes, explica que a meta é coletar 1,6 milhão de assinaturas.
“Vamos construir um projeto de lei e tentar coletar assinaturas nas ruas, já que ficou muito claro que isso (a regulação da mídia) não é uma preocupação do governo. O Congresso, ao se debruçar sobre o projeto de lei, vai ter de pensar duas vezes antes de 'jogar o assunto para debaixo do tapete' como tem sido feito. O apelo popular dessa vez será maior”, disse à Rádio Brasil Atual.
Na semana passada, o secretário-executivo do Ministério das Comunicações afirmou que não haverá mais discussões sobre o tema até o fim do primeiro mandato da presidenta Dilma Rousseff. O representante do governo federal ressaltou que apenas questões relativas à radiodifusão pública e às rádios comunitárias serão debatidas.
Para Altamiro Borges, do Centro de Estudos de Mídia Alternativa Barão de Itararé, a decisão do ministério de não instituir consulta pública sobre o marco regulatório representa um retrocesso para os meios de comunicação no país. “Não tem projeto, não tem consulta, e o Brasil continua atrasado. É o país mais atrasado da América Latina na regulamentação da comunicação e estamos atrás dos EUA e da Europa.”
Para conclamar os ativistas e inteirar o público sobre a causa, o Sindicato dos Metalúrgicos do ABC irá realizar um ato público como parte dos eventos do 1º de Maio, que terá como tema deste ano a defesa da democratização dos meios de comunicação. O diretor de comunicação daquele sindicato, Walter Sanches, ressalta que é preciso sensibilizar a população para o assunto.
Para Sanches, a mídia, no Brasil principalmente, é muito elitista e o cidadão comum, juntamente com os movimentos sociais, não têm acesso aos seus próprios meios de comunicação. "Precisamos mostrar à população que o assunto é do interesse dela também. Queremos que mais gente possa falar, que mais gente tenha o direito à palavra e à imagem.”
De acordo com as entidades, o projeto popular ficará pronto até maio, e, a partir daí, será feita a coleta de assinaturas.

Fonte: Rede Brasil Atual

Mulheres realmente falam mais do que os homens



Não é novidade para ninguém ouvir dizer que as mulheres costumam falar mais do que os homens. Já reparou como eles mal têm espaço para abrir a boca quando elas são maioria? Mas se você nunca entendeu como elas conseguem falar tanto, deixa que a ciência explica.
Para esclarecer a questão, pesquisadores da Universidade de Maryland, nos Estados Unidos, começaram com um teste em ratinhos. Eles mediram a quantidade de choro emitido por filhotes quando são separados da mãe. Nesse caso, os machos choravam bem mais. Os cientistas, então, mataram alguns bichinhos (machos e fêmeas) e compararam o nível da proteína FOXP2, responsável pela articulação de frases (ou sons com algum significado, no caso deles), no cérebro de cada um deles. Como já suspeitavam, a quantidade era muito maior nos cérebros masculinos. Quando bloquearam parte da produção de FOXP2 nos ratinhos vivos, os machos pararam de chorar tanto.
Aí eles partiram para os cérebros humanos. Mediram a quantidade de FOXP2 em crianças de 4 a 5 anos, mortas em acidentes até 24 horas antes do teste. E, veja só, as menininhas tinham 30% a mais de FOXP2 do que os garotos. É por isso que elas começam a falar mais cedo. E nunca mais param. Dizem os pesquisadores que uma mulher fala, em média, 20 mil palavras por dia, enquanto os homens se contentam com apenas 7 mil palavrinhas.
É uma necessidade biológica, gente. Compreendam.
Crédito da foto: flickr.com/louisa_catlover
Fonte: Abril

quarta-feira, 27 de fevereiro de 2013

Caso Iones:Protesto na Frei Serafim rumo ao Karnak relembra execução



Caso Iones:Protesto na Frei Serafim rumo ao Karnak relembra execução 

Contra a morte de mulheres, manifestantes pedem atenção das autoridades

Um protesto foi realizado na avenida Frei Serafim, no centro de Teresina, durante a manhã desta quarta (27/02). O movimento aconteceu para chamar atenção da Estado e das autoridades para o grande número de assassinato de mulheres, como disse ao 180graus a coordenadora da UMP (União das Mulheres Piauienses) Lourdes Melo.
Com lemas como sociedade sem violência "basta o assassinato de mulheres!", "sociedade sem violência!", "basta de assassinato de mulheres!" e chega de omissão do Estado!", o protesto teve início em uma das pistas da avenida, de onde os manifestantes partiram até chegar ao palácio de Karnak, sede do governo piauiense. "Queremos pressionar as autoridades para que haja um maior empenho da polícia para essa questão da violência contra mulher", explica a coordenadora da UMP.
Outra motivação para o protesto é a morte de Iones Sousa, ocorrida no dia 30 de janeiro. Iones trabalhava na ADAPI (Agência de Defesa Agropecuária do Piauí) e foi encontrada morta, por volta das 9h15 em Santo Antônio de Lisboa. "Nosso ato público contra violência, machismo e pistolagem também lembra nossa companheira Iones, que militava conosco na UMP e foi morta há quase 1 mês. O delegado Bareta da Delegacia de Homicídios e o secretário Robert estão tentando esclarecer e nós lutamos para que busquem pelos assassinos de Iones, além de proteção à família. Uma das filhas dela precisa de assistência, pois tem três filhos e Iones morreu deixando um filho e duas filhas", comenta a coordenadora da IMP, que deseja que o caso de Iones seja elucidado, pois o clima é muito tenso.

DSCF7943.JPG 

Lourdes convidou a população a lutar pela defesa da mulher no Piauí

cats.jpg
 

Um novo ato está previsto para o dia da mulher, em 8 de março

DSCF7944.JPG
DSCF7948.JPG
DSCF7949.JPG
 

Morte de Iones também faz parte do protesto

DSCF7953.JPG
 

Manifestantes caminharam pela avenida Frei Serafim rumo ao palácio de Karnak

DSCF7955.JPG

MORTE DE IONES
Uma funcionária da Agência de Defesa Agropecuária (ADAPI) foi encontrada morta com tiro na cabeça por volta 9h15 da manhã de quarta (30/01) na cidade de Santo Antônio de Lisboa.

Na época, o subtenente Gomes, comandante do GPM do município  em entrevista ao Jornal 95 da Rádio Cidade Modelo FM falou que a mulher identificada por Francisca Iones de Sousa de 45 anos, foi encontrada morta no escritório do órgão. “Quando cheguei lá ela já estava sem vida, então entrei em contato com a Polícia Civil de Picos e isolamos a área até a chegada dos policiais”, conta.

DSCF7931.JPG
DSCF7932.JPG
DSCF7933.JPG
DSCF7934.JPG
DSCF7938.JPG
DSCF7939.JPG
DSCF7940.JPG
DSCF7941.JPG
DSCF7942.JPG

De acordo com subtenente, a principio a polícia não descarta nenhuma linha de investigação, uma vez que o crime pode ter sido dos mais variáveis motivos. Ele também descarta a possibilidade de suicídio. Segundo ele, não foi encontrado nenhuma arma no local, o que caracterizava o suicídio e também tinha duas marcas de tiros na parede.
O policial fala também que algumas pessoas informaram que a vítima tinha problemas com os familiares, porém nada que a polícia possa dizer de certeza que ela tinha sido morta por esse motivo.

cats.jpg 

Iones foi morta com dois tiros na cabeça (Foto: divulgação)

 VEJA MATÉRIA DO DIA DO ASSASSINATO DE IONES SOUSA


Fonte: Portal 180 Graus

Adeus do papa é dia triste para fiéis no Vaticano

Na Praça de São Pedro, onde Bento XVI fez seu último sermão público, católicos se mostraram preocupados com turbulência na Igreja, mas confiantes no futuro

Bento XVI acena para fiéis reunidos na praça de São Pedro, no Vaticano
Bento XVI acena para fiéis reunidos na praça de São Pedro, no Vaticano - Gabriel Bouys/AFP
Movimentada por dezenas de milhares de turistas e fiéis do mundo inteiro, a Praça de São Pedro, no Vaticano, foi palco nesta quarta-feira do adeus de Joseph Ratzinger como papa Bento XVI. Fiéis se emocionavam em meio a turistas de várias nacionalidades, que tiravam fotos, em seus tablets, da última audiência geral do pontífice. Muitos fiéis apresentavam um semblante sério e, por vezes, preocupado com o que será da Igreja Católica após a renúncia de seu mais alto representante.

"Hoje é um dia comovente e ao mesmo tempo triste para os católicos, porque agora ele não será mais nosso papa", disse a guia turística Titti Lepore, que asssistia à audiência visivelmente emocionada, de óculos escuros e ancorada nas grades que separavam as multidões. Para Titti, porém, a renúncia é positiva. "Foi incrível, excepcional, de uma força única", afirma.
"Aqui em Roma foi um choque quando soube, porque ninguém esperava essa notícia, mas depois dos primeiros dias de choque, entendemos a serenidade do papa, o vimos no Angelus e sentimos que foi uma decisão muito planejada. Já falaram muitas coisas, mas não sabemos muito bem as consequências da renúncia na Igreja e entre os fiéis", conta a italiana Francesca Tomassetti.

Joseph Ratzinger foi ovacionado já em suas primeiras palavras, mas com mais intensidade quando falou que "o Senhor não deixará a Igreja afundar" e ao dizer que "não será mais papa depois de amanhã". No entanto, sublinhou que sua renúncia não diz respeito à vida privada, e que tomou a decisão pelo bem da Igreja.
"Acho que ele já estava cansado e com muitos problemas no interior da Igreja, mas é bom porque agora pode vir um papa mais jovem e com mais disposição para talvez modernizar a Igreja", opina Stefano Pistolesi, motorista de ônibus de Roma.
A polícia romana ajudou a reforçar nesta quarta-feira a segurança no Vaticano devido ao comparecimento em massa de mais de 100.000 pessoas na Praça de São Pedro. O evento, que normalmente seria realizado dentro de uma sala na Basílica de São Pedro, aconteceu ao ar livre devido ao imenso interesse despertado pelo caráter histórico - Bento XVI deixará o papado nesta quinta-feira. Segundo o Vaticano, 50.000 ingressos foram distribuídos.

Fonte: Veja

Vereador pede emancipação da Santa Maria da Codipi à Câmara Municipal

Major Paulo Roberto defende que os gestores de Teresina não conseguem suprir demandas da zona rural da cidade.

O vereador Major Paulo Roberto (PSD) quer emancipar politicamente o bairro Santa Maria da Codipi, localizado na zona Norte de Teresina. O projeto havia sido apresentado no ano passado à bancada piauiense e foi reapresentado hoje (27) na Câmara Municipal.


De acordo com o vereador, as gestões anteriores não supriram as necessidades do bairro, que é localizado quase totalmente na zona rural da cidade. "Com a emancipação, o município receberá recursos federais para investir em Educação, Saúde e Segurança, o que é fundamental porque o crack tem crescido muito nessa área", defendeu o político.

Para o vereador, a nova cidade contaria com mais de R$ 600 mil do Fundo de Participação do Município. "O bairro tem quase 100 mil habitantes e a verba viabilizará o crescimento da geração de emprego e renda", argumentou.

Apoio político

Major Paulo Roberto explicou que ao apresentar o projeto no ano passado à Assembleia Legislativa do Piauí, não conseguiu apoio político. "Mas, percebemos que o poder de criar municípios é da Câmara Federal, então retornamos a conversa com o deputado Júlio César (PSD), que decidiu abraçar a causa. Agora nossa luta começa, é nosso dever como vereador trabalhar pelas áreas menos favorecidas".

O vereador acrescentou que após unir forças na política consultará a população sobre o projeto. "Até agora, 92% das pessoas que moram no Santa Maria da Codipi, com quem conversei, se mostram a favor da emancipação política", finalizou.
 
Fonte: Cidade Verde

terça-feira, 26 de fevereiro de 2013

Curiosity faz autorretrato e mostra buraco feito em Marte

A fotografia exibe uma visão panorâmica da localização do jipe-robô no mês de fevereiro, na região da Baía de Yellowknife, na cratera Gale

Nasa
A imagem foi capturada para mostrar o local onde o jipe-robô escavou pedras marcianas pela primeira vez com ajuda de uma broca
São Paulo – A Nasa divulgou um novo autorretrato do Curiosity. A fotografia exibe uma visão panorâmica da localização do jipe-robô no mês de fevereiro, na região da Baía de Yellowknife, na cratera Gale.
A imagem foi capturada para mostrar o local onde o jipe-robô escavou pedras marcianas pela primeira vez com ajuda de uma broca. Pela imagem é possível observar o buraco de 1,6 centímetros de diâmetro que foi feito para a coleta de amostras.
O Curiosity recolheu o conteúdo de dentro da rocha "John Klein". Ela recebeu este nome em homenagem a um vice-gerente de projeto do Laboratório de Ciências de Marte, falecido em 2012. Depois que as rochas foram escavadas, a amostra foi pulverizada pelo Curiosity. Agora, o pó será analisado pelo próprio jipe-robô para determinar sua composição química e mineral.
O Curiosity conseguiu tirar essa fotografia com ajuda de seu braço mecânico, onde fica a câmera fotográfica. Ele não é visto porque a imagem é uma combinação de uma série de 130 imagens criadas na primeira semana de fevereiro pela câmera, quando essa parte do equipamento estava posicionada fora do raio de cobertura da câmera.
Vale lembrar que o Curiosity postou em Marte em agosto de 2012. Ele tem como missão explorar durante dois anos a região marciana conhecida como Cratera Gale, onde ele já está. O objetivo é tentar descobrir se Marte já teve um ambiente capaz de suportar vida microscópica e se tem condições que preservaram os seus indícios.

Fonte: Exame

Punição ao Corinthians é mantida; clube quer torcida longe


 A torcida do Corinthians no estádio de Oruro: tragédia na Bolívia
O risco de impunidade na tragédia de Oruro parece ter sido reduzido de forma significativa nesta terça-feira. Depois de uma declaração forte da delegada boliviana responsável pela investigação da morte de Kevin Estrada, sinalizando que a confissão de um menor no Brasil não significa que o episódio esteja resolvido, a Conmebol ignorou as pressões de bastidores e confirmou a punição imposta ao Corinthians na semana passada. O atual campeão da Copa Libertadores, portanto, terá de jogar sem sua torcida na quarta-feira, na partida contra o Millionarios, da Colômbia, no Estádio do Pacaembu. A diretoria do Corinthians, que não queria que o clube fosse punido pelas ações de seus torcedores, entregou sua defesa contra a punição e esperava convencer a entidade a recuar - no fim de semana, chegou a ventilar a hipótese de abandonar o torneio, o que depois acabou sendo desmentido pelo presidente do clube. Na manhã desta segunda, em nota oficial, o Corinthians informou que seu pedido não foi aceito e que o jogo de quarta acontecerá, de fato, com as arquibancadas vazias - e, se depender da direção, com todos os torcedores em casa, e não na porta do estádio, como foi cogitado pelas organizadas.

A Conmebol promete anunciar a pena definitiva (o fechamento dos portões foi uma punição preventiva) em breve. O julgamento deverá ocorrer dentro de até 60 dias. Enquanto isso, os torcedores do Corinthians não terão acesso aos jogos da Libertadores, tanto em casa (quando o time jogará sem público) como fora (quando não haverá venda de bilhetes para os visitantes). As torcidas organizadas do Corinthians se mobilizam pelas redes sociais para realizar um protesto diante do estádio, apoiando o time do lado de fora - e reunindo um público até maior do que a capacidade do Pacaembu em dias de jogos. A diretoria, no entanto, se mostra preocupada com a possibilidade de ocorrer algum tumulto que prejudique ainda mais a equipe na competição. Por isso, a nota divulgada nesta terça é clara ao pedir ao torcedor que evite essa manifestação, ajudando o clube a mostrar que acatou e cumpriu a punição determinada pela Conmebol. "Pedimos ao torcedor que evite ir às imediações do estádio durante o período em que a punição valer. Tenha certeza que a camisa corintiana será, como sempre, honrada, com muito suor e determinação", diz a nota.

Dois projetos de lei que dormitam na CCJ e na Comissão de Finanças da Câmara colaborariam para evitar tragédias como a ocorrida no jogo do Corinthians na cidade de Oruro. Um deles atenua a dificuldade de se identificar autores de crimes praticados dentro dos estádios, como aconteceu no caso do adolescente que diz ter atirado o artefato. 
Fonte: Veja

Aryane Steinkopf arma flagrante na praia e chama atenção de banhistas

De biquíni tomara que caia, a DJ e ex-panicat foi fotografada nesta segunda-feira, 25


Aryane Steinkopf arma flagrante na praia e chama atenção de banhistas 
DJ e ex-panicat, Aryane Steinkopf não pretende só a parecer por trás das picapes. Nesta segunda-feira, 25, a loira tratou de aproveitar - e registrar - uma manhã de sol na praia da Barra da Tijuca, Zona Oeste do Rio.
"Recarregando as baterias nesse sol maravilhoso do Rio de Janeiro, adoro! Preciso comprar um apartamento aqui, São Paulo só tem chovido ultimamente", disse ela através de sua assessoria. De biquíni tomara que caia, a moça chamou atenção dos banhistas enquanto dava um mergulho e garantia o flash.
E durante as férias Aryane Steinkopf aproveitou para colocar a malhação em dia. A ex-panicat, aproveitou para treinar boxe em uma academia. Aryane revelou que já pratica muai thay frequentemente e que as artes marciais são uma ótima opção para manter a forma.
"Na minha opinião, não existe atividade física melhor para manter a forma do que as artes marciais. São ótimos para o condicionamento físico, além de proporcionar uma grande queima de calorias, super indico!", disse a loira.
ensaio1.jpg
ensaio2.jpg
ensaio3.jpg
au1.jpg
au2.jpg
au3.jpg
au4.jpg
au5.jpg
au6.jpg
Fonte: Com informações do Ego

Ator Luiz Bacceli morre de parada cardíaca em SP

 


Há meses ele vinha sofrendo de problemas renais. Na foto, Luiz em seu último filme, 'E a Vida Continua...'

A morte se deu em consequência dos problemas renais que o ator vinha enfrentando.

O ator Luiz Baccelli morreu, nesta segunda-feira (25), em São Paulo. O anúncio foi divulgado na página do Facebook de E a Vida Continua..., seu último longa, no qual contracenou com Lima Duarte. Ele tinha 69 anos.

Segundo o comunicado, a morte se deu após uma parada cardíaca, em São Paulo, consequência dos problemas renais que o ator vinha enfrentando nos últimos meses. 

Baccelli também era professor - lecionava as disciplinas de Improvisação e Interpretação Teatral na Escola de Atores Wolf Maia -, historiador e diretor do grupo teatral Ação entre Amigos. Mas foi como ator que tornou seu nome conhecido nacionalmente, atuando em diversas tramas da TV Globo, como A Escrava Isaura, Laços de Família, A Favorita, Caminho das Índia e Aquele Beijo. Também passou pelo SBT, atuando, em 1995, em Sangue do meu Sangue, e, mais recentemente, em 2011, em Amor e Revolução, na qual viveu o personagem Monsenhor..

A exemplo de outros tantos atores, a carreira profissional de Baccelli na dramaturgia começou nos palcos, mais precisamente no ano de 1968, quando passou a viajar pelo País apresentando diversos espetáculos. Ao longo de dez anos ainda fez parte do grupo Tapa/Cia, fundado em 1979 no Rio de Janeiro.

Seu último longa, E A Vida Continua..., foi baseado em um livro supostamente psicografado por Chico Xavier. Dirigido por Paulo Figueiredo, o longa de temática espíriita ainda trazia em seu elenco Amanda Costa, Luiz Carlos Félix, Ronaldo Oliva, entre outros.

No cinema, ainda atuou em outros dois longas-metragens: Mater Dei (2000) e Os 12 Trabalhos (2006).

O velório ocorre a partir das 23h desta segunda-feira e vai até as 14h desta terça (26), no cemitério do Araçá, na zona oeste de São Paulo. De lá o corpo será levado ao cemitério da Vila Alpina, na região leste da cidade, onde será cremado às 15h30.


Fonte: Terra

segunda-feira, 25 de fevereiro de 2013

Oscar 2013: ‘Argo’ e ‘As Aventuras de Pi’ são os grandes vencedores

A Academia de Artes e Ciências Cinematográficas de Hollywood (Academy of Motion Pictures Arts and Sciences - AMPAS) realizou na noite deste domingo, dia 24, no Dolby Theatre, a 85ª cerimônia de entrega do Oscar, consagrando "Argo" (Idem - 2012) como o melhor filme de 2012. O longa dirigido por Ben Affleck faturou mais duas estatuetas, as de melhor roteiro adaptado e edição (montagem).


O grande prêmio da noite foi apresentado por Jack Nicholson e a primeira dama americana, Michelle Obama, direto da Casa Branca. O que inicialmente pareceu um indicativo de vitória para "Lincoln" (Idem - 2012), filme de Steven Spielberg que liderou o número de indicações este ano, 12 ao todo, vencendo apenas duas: ator para Daniel Day-Lewis e direção de arte - prêmios para lá de merecidos.
"Argo" foi o grande vencedor por levar o prêmio principal, no entanto, quem venceu mais estatuetas foi "As Aventuras de Pi" (Life of Pi - 2012), que levou quatro das 11 categorias a que concorreu: melhor direção para Ang Lee, trilha sonora original, fotografia e efeitos visuais.


A cerimônia deste ano foi marcada por uma situação bastante rara. Um empate na categoria de edição de som entre "007 - Operação Skyfall" (Skyfall - 2012) e "A Hora Mais Escura" (Zero Dark Thirty - 2012), o único prêmio dos cinco a que o filme de Kathryn Bigelow concorria. Enquanto que o novo filme da franquia "007" também faturou a estatueta de melhor canção original para "Skyfall".
Dos nove indicados, o único filme que não venceu nada foi "Indomável Sonhadora" (Beasts of the Southern Wild - 2012), que tinha Quvenzhané Wallis como sua maior aposta, afinal, é a atriz mais jovem a disputar o Oscar.
O favoritismo de Jennifer Lawrence, Anne Hathaway e Christoph Waltz foi confirmado. Eles levaram, respectivamente, as estatuetas de atriz, atriz coadjuvante e ator coadjuvante. Lawrence "bateu" a outra favorita, Jessica Chastain, e bastante emocionada acabou tropeçando no vestido e caindo na escada do palco.
"Amor" (Amour - 2012) recebeu o Oscar de filme estrangeiro. Concorrendo também na categoria de melhor filme, a produção venceu na que tinha realmente chance, sem ser "ameaçado" pelos oponentes.
Apesar dos excessivos números musicais, a cerimônia deste ano não foi cansativa, pelo contrário, foi muito ágil e equilibrada. A única coisa que destoou foi a apresentação de Seth MacFarlane, um dos piores apresentadores da história do Oscar.
Confira a lista completa dos vencedores:
- Melhor filme:
"Argo" (Idem - 2012);
- Melhor direção:
Ang Lee - "As Aventuras de Pi" (Life of Pi - 2012);
- Melhor ator:
Daniel Day-Lewis - "Lincoln" (Idem - 2012);
- Melhor atriz:
Jennifer Lawrence - "O Lado Bom da Vida" (Silver Linings Playbook - 2012);
- Melhor ator coadjuvante:
Christoph Waltz - "Django Livre" (Django Unchained - 2012);
- Melhor atriz coadjuvante:
Anne Hathaway - "Os Miseráveis" (Les Misérables - 2012);
- Melhor roteiro original:
Quentin Tarantino - "Django Livre";
- Melhor roteiro adaptado:
Chris Terrio - "Argo";
- Melhor animação:
"Valente" (Brave - 2012);
 - Melhor filme estrangeiro:
"Amor" (Amour - 2012 / Áustria);
- Melhor documentário:
"Procurando Sugar Man" (Searching for Sugar Man - 2012);
- Melhor fotografia:
"As Aventuras de Pi";
 - Melhor edição (montagem):
"Argo";
 - Melhor trilha sonora original:
"As Aventuras de Pi";
 - Melhor canção original:
"Skyfall" - "007 - Operação Skyfall" (Skyfall);
- Melhor som:
"Os Miseráveis";
- Melhor edição de som:
"007 - Operação Skyfall" e "A Hora Mais Escura" (Zero Dark Thirty - 2012);
- Melhor direção de arte:
"Lincoln";
- Melhor figurino:
"Anna Karenina" (Idem - 2012); 
- Melhor maquiagem e cabelo:
"Os Miseráveis";
- Melhor efeitos visuais:
"As Aventuras de Pi";
- Melhor curta:
"Curfew" (Idem - 2012);
- Melhor curta de animação:
"Paperman" (Idem - 2012); 
- Melhor curta de documentário:
"Inocente" (Idem - 2012).

Fonte: SRZD


Aos 22 anos, Jennifer Lawrence ganha o Oscar de Melhor Atriz

Vencedora do Globo de Ouro e do Spirit Awards agrada críticos e público.
Americana está gravando as continuações de ‘Jogos vorazes’ e ‘X-Men’.



Jennifer Lawrence vence o Oscar de Melhor Atriz por 'O lado bom da vida' (Foto: AFP PHOTO/Robyn Beck) 
Jennifer Lawrence vence o Oscar de Melhor Atriz por 'O lado bom da vida' (Foto: AFP PHOTO/Robyn Beck)
Com o papel de uma jovem viúva, que transa com todos os colegas de trabalho para aliviar a depressão e se sente atraída pelo vizinho bipolar, Jennifer Lawrence conseguiu o primeiro Oscar de sua carreira, numa disputa que envolvia a veterana Emmanuelle Riva (“Amor”), a caçula Quvenzhané Wallis ("Indomável Sonhadora"), e as mais maduras Jessica Chastain (“A hora mais escura”) e Naomi Watts (“O impossível”).
 

Aos 22 anos, ela já tem em seu currículo filmes como “Inverno da alma” (2010), pelo qual disputou com Natalie Portman o Oscar em 2011; os blockbusters “X-Men: Primeira classe” (2011) e “Jogos vorazes” (2012); e comédia romântica “O lado bom da vida”, que também lhe garantiu o Globo de Ouro e o SAG Awards, premiação concedida pelo Sindicato de Atores norte-americano, neste ano.
Sua primeira aparição no cinema foi no drama “Vidas que cruzam” (2008), em que interpretou uma versão mais nova de Charlize Theron e contracenou com Kim Basinger. Já o filme independente “Inverno da alma” (2010) lhe deu sua primeira protagonista, diversos prêmios da crítica, como o National Board of Review, e reconhecimento em Hollywood.

No ano seguinte, estrelou “Um novo despertar”, dirigido por Jodie Foster, e “X-Men: Primeira Classe”, como a mutante azul Mystique. Foi durante as filmagens que ela conheceu seu ex-namorado Nicholas Hoult, com quem ficou por dois anos.
Rumores dizem que ela estaria tendo um caso com Bradley Cooper, seu parceiro em “O lado bom da vida”, porém, o próprio ator de 38 anos já desmentiu o boato para a imprensa, afirmando que ele poderia ser pai dela. A química com Cooper deu tão certo que os dois voltarão como um par romântico no filme “Serena”, com estreia prevista para setembro de 2013.
A atriz Jennifer Lawrence, protagonista de "Jogos Vorazes", posa para foto na première mundial do filme nesta segunda-feira (12), em Los Angeles, nos Estados Unidos. Com estreia marcada para o dia 23 deste mês, o longa é considerado por analistas como um  (Foto: Matt Sayles/AP) 
A atriz Jennifer Lawrence, protagonista de "Jogos Vorazes", posa para foto na première mundial do filme em Los Angeles, nos Estados Unidos (Foto: Matt Sayles/AP)
Em 2012, protagonizou o filme de terror “A última casa da rua”, em que recebeu péssimas críticas que foram logo esquecidas com o sucesso de “Jogos vorazes”. Adaptação para o cinema da primeira parte da trilogia escrita por Suzanne Collins trouxe a atriz no papel da heroína Katniss Everdeen. O segundo filme da série, “Em chamas”, tem estreia prevista para novembro deste ano.

Para 2014, J-Law deve repetir a parceria com o diretor David O. Russell, de “O lado bom da vida”, em um drama chamado "The ends of the Earth", sobre um magnata do petróleo que perde tudo após ser pego com a amante, além de voltar como Mystique em “X-Men: Dias de um futuro esquecido”.
Bradley Cooper e Jennifer Lawrence em 'O lado bom da vida' (Foto: Divulgação) 
Bradley Cooper e Jennifer Lawrence em 'O lado bom da vida' (Foto: Divulgação)
Fonte: G1

Daniel Day-Lewis quebra o recorde de Oscar de melhor ator

Com estatueta por ‘Lincoln’, britânico tem agora três prêmios na categoria.
Ele já havia vencido com ‘Meu pé esquerdo’ (1989) e ‘Sangue negro’ (2007).

Daniel Day-Lewis vence Oscar de Melhor Ator por 'Lincoln' (Foto: AFP PHOTO/Robyn Beck) 
 
Daniel Day-Lewis vence Oscar de Melhor Ator por 'Lincoln' (Foto: AFP PHOTO/Robyn Beck)
Daniel Day-Lewis quebrou o recorde de estatuetas de melhor ator no Oscar. Com a vitória por seu trabalho em “Lincoln”, ele agora tem três prêmios na categoria, feito jamais alcançado. A 85ª edição da cerimônia da Academia de Artes e Ciências Cinematográficas de Hollywood aconteceu neste domingo (24) em Los Angeles. Antes do reconhecimento pelo filme de Steven Spielberg, o britânico havia vencido por “Meu pé esquerdo” (1989) e “Sangue negro” (2007).

A nova estatueta encerra uma temporada especialmente próspera para Day-Lewis, 55, conhecido pelo método quase obsessivo com que costuma se preparar para seus papéis. Sua intepretação do 16º presidente dos Estados Unidos garantiu, por exemplo, os prêmios do Globo de Ouro, no sindicato dos atores (SAG), do Critics Choice Awards e do Bafta (considerado o Oscar britânico).
Já em 2012 havia quem antecipasse esse acúmulo de troféus. Em sua edição de 5 de novembro, a revista “Time” estampou Day-Lewis na capa e assim resumiu: “O maior ator do mundo”. 
Daniel Michael Blake Day-Lewis nasceu em Londres em 27 de abril de 1957. É filho do poeta inglês Cecil Day-Lewis (que também assinava Nicholas Blake), informa a biografia no portal IMDb. Estudou atuação na Bristol Old Vic School e debutou no cinema em “Domingo maldito” (1971). Após a estreia, deixou os filmes de lado, em favor do teatro. Integrou as companhias Bristol Old Vic e Royal Shakespeare, e só voltou à tela grande em “Gandhi” (1982).
Nos anos seguintes, atuaria em “Minha adorável lavanderia” (1985) e “A insustentável leveza do ser” (1988). Terminou aquela década com seu primeiro Oscar de melhor ator, por “Meu pé esquerdo”, conseguido logo em sua primeira indicação. A nomeação seguinte veio com “Em nome do pai” (1993). Na primeira metade da década de 1990, consolidou-se ainda com “O último dos moicanos” (1992).

Daniel Day-Lewis em cena do filme 'Meu pé esquerdo' (1989), que lhe rendeu o primeiro Oscar de melhor ator (Foto: Divulgação) 
Day-Lewis em cena do filme 'Meu pé esquerdo'
(Foto: Divulgação)
'Sacrifícios'
Um perfil de Day-Lewis publicado no final de outubro passado pelo “The New York Times” menciona os “sacrifícios” já feitos pelo ofício. “Para ‘O último dos Moicanos’, ele aprendeu sozinho a construir uma canoa, a usar arma de fogo, a fazer armadilhas para capturar animais e a tirar a pele deles”, exemplifica o texto.

A minúcia teria se repetido em outros filmes. “Para a cena de abertura de ‘Meu pé esquerdo’, que retrata Christy Brown, um artista com paralisia cerebral, Day-Lewis aprendeu sozinho a usar os dedos dos pés para colocar um disco na vitrola; fora das gravações, também insistiu em permanecer numa cadeira de rodas e em ser alimentado na boca pela equipe.”
De acordo com a reportagem, contabilizam-se ainda aulas de boxe – e um nariz quebrado – na preparação para “O lutador” (1997); aulas de manipulação de facas e cortes para viver Bill, o Açougueiro em “Gangues de Nova York” (2002); e finalmente um processo de “autoconvencimento” de que ele era o próprio Abraham Lincoln para o projeto que lhe rendeu o recorde do Oscar.
Daniel Day-Lewis em cena do filme 'Sangue negro' (2007), que lhe rendeu o segundo Oscar de melhor ator (Foto: Divulgação) 
 
Daniel Day-Lewis em cena do filme 'Sangue negro' (2007), que lhe rendeu o segundo Oscar de melhor ator (Foto: Divulgação)
Em dezembro, o TMZ informou que Daniel Day-Lewis não saiu do personagem de “Lincoln” ao longo dos três meses de filmagens. Citando uma fonte não identificada – descrita como “uma das estrelas do filme” –, o site de celebridades informou na época que o ator exigia que o elenco, a equipe e “até mesmo Spielberg” se dirigissem a ele apenas como “Mr. President”. O blog Vulture, da “New York Magazine”, contribuiu para o assunto dizendo que Day-Lewis enviava mensagens de celular para a atriz Sally Field, que faz sua mulher em “Lincoln”, e assinava: “Do seu, A.”. 
Nesta sexta-feira (22), o jornal britânico “The Guardian” publicou um infográfico em que enumera (e ironiza) facts sobre Daniel Day-Lewis. Dentre outras coisas, está dito que ele é “avesso a holofotes” e é casado com a filha do dramaturgo Arthur Miller, ex-marido de Marilyn Monroe. Mas a publicação aproveita para corrigir uma informação “errada” a respeito das extravagâncias do ator: ele não teria quebrado duas costelas durante a gravação de “Meu pé esquerdo”.
Por outro lado, mantém-se o dado de que certa noite, em 1989, Day-Lewis abandonou o palco – “em lágrimas” – durante uma apresentação de “Hamlet”, da qual era protagonista. Desde então, ele jamais voltou a trabalhar com teatro, informa o jornal. A causa do surto: o ator teria visto o fantasma do próprio pai.
  •  
Cena de 'Lincoln', de Steven Spielberg, com ator Daniel Day-Lewis ao centro (Foto: AP Photo/DreamWorks) 
 
Cena de 'Lincoln', de Steven Spielberg, com ator Daniel Day-Lewis ao centro (Foto: AP Photo/DreamWorks)
 
Fonte: G1


Ignorado como diretor, Ben Affleck fatura o Oscar de Melhor Filme

Ang Lee ganhou a estatueta de melhor diretor e Daniel Day-Lewis e Jennifer Lawrence foram os agraciados nas categorias de melhor ator e atriz

Equipe do filme "Argo" recebe o Oscar de melhor filme 

'Argo' também venceu Melhor Edição e Melhor Roteiro Adaptado.
Affleck já levou o Oscar de Roteiro por 'Gênio indomável', em 1998.


Michelle Obama surpreendeu a todos ao aparecer em um telão durante a cerimônia da 85ª edição do Oscar, que aconteceu na noite deste domingo (24), em Los Angeles.
Anunciada pelo ator Jack Nicholson, a primeira-dama dos Estados Unidos apresentou a principal categoria da noite, Melhor Filme, que ficou para “Argo”, de Ben Affleck.
Em um vídeo gravado na Casa Branca, Michelle disse que todos os candidatos deste ano demonstraram que "podem superar qualquer obstáculo", segundo informações da agência Associated Press.
Ela disse que a mensagem dos filmes é "especialmente importante para os nossos jovens" e agradeceu a Hollywood por incentivar as crianças "a abrirem sua imaginação".
De acordo com a agência EFE, Michelle ressaltou que os nove filmes que concorriam ao Oscar "ampliam nossos horizontes e nos levam a lugares aos quais nunca tínhamos imaginado".
"Parabenizo a todos os indicados por trabalhos que nos fizeram rir, chorar e, de fato, nos ensinaram que o amor pode lutar contra tudo e pode transformar nossas vidas da maneira mais surpreendente".


Nascido em 15 de agosto de 1972, Benjamin Geza Affleck se tornou um dos nomes mais conhecidos da indústria cinematográfica atual. Após seu filme “Argo" vencer as premiações dos sindicatos dos atores, diretores, produtores, roteiristas e o britânico Bafta, ele provou ser mais do que um simples ator de Hollywood.
Neste domingo (24), Affleck subiu ao palco da 85ª edição do Oscar para receber o principal prêmio da noite por “Argo”, mesmo tendo sido ignorado na categoria de direção. A última vez que ele foi premiado pela Academia foi em 1998, pelo roteiro de “Gênio indomável”, que dividiu com o seu amigo Matt Damon. Os dois se conheceram no início dos anos 80, quando estudavam teatro juntos.
Sua primeira grande aparição no cinema foi em “Jovens, loucos e rebeldes” (1993). Depois, estrelou filmes independentes como “Barrados no shopping” (1995) e “Procura-se Amy” (1997), mas, desde então, não foi chamado para grandes papéis, ficando apenas como coadjuvante.
Como Damon passava pela mesma situação, eles resolveram roteirizar “Gênio indomável”, que foi comprado pelos estúdios Castlerock. Este filme foi um marco na carreira de Affleck, em que lhe foi dada pela primeira vez a chance de escolher personagens em vez de ter que passar constantemente por testes exaustivos. Ele optou por atuar nos blockbusters "Armageddon" (1998), "Shakespeare apaixonado" (1998) e "Pearl Harbor" (2001).
Cena do filme 'Argo', estrelado e dirigido por Ben Affleck (Foto: Divulgação) 
Cena do filme 'Argo', estrelado e dirigido por Ben
Affleck (Foto: Divulgação)
Porém, depois de "Pearl Harbor", ele fez a pior de suas escolhas: protagonizar o péssimo “Demolidor: O Homem sem medo” (2003). Ao mesmo tempo, virou alvo de tabloides ao terminar seu namoro com Jennifer Lopez. Um ano depois, casou-se com a atriz Jennifer Garner, com quem tem três filhos.
Mas a grande virada foi quando Affleck investiu na carreira de diretor e emplacou "Medo da verdade" (2007), "Atração perigosa" (2010), que escreveu e roteirizou, e, agora, "Argo", que também produziu. Do outro lado das câmeras, o ator está em "To the wonder", produção de Terrence Malick ("A árvore da vida"), que ainda não tem data de estreia no Brasil, e em "Runner, runner", onde contracenará com Justin Timberlake.

Ben Affleck e Matt Damon em 'Gênio indomável' (1997) (Foto: Divulgação) 
 
Ben Affleck e Matt Damon em 'Gênio indomável' (1997) (Foto: Divulgação)
 
Fonte: Exame / G1
 


domingo, 24 de fevereiro de 2013

Veja lista dos indicados ao Oscar 2013

Concorrentes foram anunciados na manhã desta quinta-feira (10).
Cerimônia de entrega acontece no dia 24 de fevereiro, em Los Angeles.



A Academia de Artes e Ciências Cinematográficas de Hollywood anunciou na manhã desta quinta-feira (10) os indicados ao Oscar 2013. A cerimônia de entrega acontece em 24 de fevereiro, em Los Angeles. O principal concorrente deste ano é "Lincoln", de Steven Spielberg, que disputa em 12 categorias, incluindo melhor filme, melhor diretor e melhor ator, para Daniel Day-Lewis. Em seguida, vem "As aventuras de Pi", de Ang Lee, com 11.

Um dos destaques é a pequena Quvenzhané Wallis, de 9 anos, indicada a melhor atriz por "Indomável sonhadora". De acordo com o portal IMDb, Quvenzhané teve de mentir sua idade quando foi fazer o teste para o papel: embora tivesse apenas cinco anos, ela declarou ter seis, o mínimo exigido para se candidatar à vaga. Se levar a estatueta, a garota será a mais jovem atriz a ganhar na categoria.

Cena de 'Lincoln', de Steven Spielberg, com ator Daniel Day-Lewis ao centro (Foto: AP Photo/DreamWorks) 

Cena de 'Lincoln', de Steven Spielberg, com ator Daniel Day-Lewis ao centro (Foto: AP Photo/DreamWorks)
A lista foi divulgada por Seth MacFarlane, que também será o anfitrião da premiação, e pela atriz Emma Stone ("O espetacular Homem-Aranha"). MacFarlane é conhecido por ser diretor de "Ted" e criador da animação "Family guy".
O longa brasileiro inscrito para concorrer ao prêmio de melhor filme em língua estrangeira, "O palhaço", de Selton Mello, já está fora da disputa desde o dia 21 de dezembro, quando foi divulgada uma lista de nove pré-selecionados para a categoria.

Veja abaixo a lista de indicados:

Filme
"Indomável sonhadora"
"O lado bom da vida"
"A hora mais escura"
"Lincoln"
"Os Miseráveis"
"As aventuras de Pi"
"Amor"
"Django livre"
"Argo"
 

Jennifer Lawrence e Bradley Cooper em cena do longa 'Silver linings playbook', do diretor David O. Russell ('O vencedor') (Foto: Divulgação) 

Jennifer Lawrence e Bradley Cooper em cena de 'O lado bom da vida'; tanto os atores quando o diretor David O. Russell receberam indicações pela produção, que concorre ainda a melhor filme (Foto: Divulgação)
Diretor
Michael Haneke ("Amor")
Benh Zeitlin ("Indomável sonhadora")
Ang Lee ("As aventuras de Pi")
Steven Spielberg ("Lincoln")
David O. Russell ("O lado bom da vida)

Ator
Daniel Day-Lewis ("Lincoln")
Denzel Washington ("Voo")
Hugh Jackman ("Os miseráveis")
Bradley Cooper ("O lado bom da vida")
Joaquin Phoenix ("O mestre")
 

Quvenzhane Wallis e o diretor Benh Zeitlin em evento no dia 8 de janeiro, em Nova York. (Foto: Evan Agostini/Invision/AP) 

Quvenzhane Wallis, 9, indicada ao Oscar de melhor atriz pelo filme 'Indomável sonhadora', e o diretor do longa, Benh Zeitlin, em evento no dia 8 de janeiro, em Nova York. (Foto: Evan Agostini/Invision/AP)
Atriz
Naomi Watts ("O impossível")
Jessica Chastain ("A hora mais escura")
Jennifer Lawrence ("O lado bom da vida")
Emmanuelle Riva ("Amor")
Quvenzhané Wallis ("Indomável sonhadora")

Ator coadjuvante
Christoph Waltz ("Django livre")
Philip Seymour-Hoffman ("O mestre")
Robert De Niro ("O lado bom da vida")
Tommy Lee Jones ("Lincoln")
Alan Arkin ("Argo")
 

Anne Hathaway em cena de 'Os miseráveis' (Foto: Reprodução) 

Anne Hathaway em cena de 'Os miseráveis', que rendeu a ela indicação ao Oscar (Foto: Reprodução)
Atriz coadjuvante
Sally Field ("Lincoln")
Anne Hathaway ("Os miseráveis")
Jacki Weaver ("O lado bom da vida")
Helen Hunt ("The sessions")
Amy Adams ("O mestre")

Filme estrangeiro
"Amor" (Áustria)
"No" (Chile)
"War witch" (Canadá)
"O amante da rainha" (Dinamarca)
"Kon-tiki" (Noruega)
 

Cineasta Quentin Tarantino e ator Jamie Foxx no painel de 'Django livre' na Comic-con, em San Diego, neste sábado (14) (Foto: Jordan Strauss/Invision/AP) 

 O diretor Quentin Tarantino, que recebeu indicação ao Oscar de melhor roteiro original por 'Django livre', apresenta o longa estrelado por Jamie Foxx  na Comic-con 2013 (Foto: Jordan Strauss/Invision/AP)
Roteiro original
Michael Haneke ("Amor")
Quentin Tarantino ("Django livre")
John Gatins ("Voo")
Wes Anderson e Roman Coppola ("Moonrise kingdom")
Mark Boal ("A hora mais escura")

Roteiro adaptado
Chris Terrio ("Argo")
Lucy Alibar e Benh Zeitlin ("Indomável sonhadora")
David Magee ("As aventuras de Pi")
Tony Kushner ("Lincoln")
David O. Russell ("O lado bom da vida")
 

Imagem da animação 'Frankenweenie', de Tim Burton (Foto: Divulgação/Disney) 

Cena de 'Frankenweenie', de Tim Burton, indicado ao Oscar de animação (Foto: Divulgação/Disney)
Animação
"Valente"
"Frankenweenie"
"ParaNorman"
"Piratas pirados!"
"Detona Ralph"

Documentário em longa-metragem
"5 broken cameras"
"The gatekeepers"
"How to survive a plague"
"The invisible war"
"Searching for a sugar man"

Documentário em curta-metragem
"Inocente"
"Kings point"
"Mondays at Racine"
"Open heart"
"Redemption"


Cineasta Ang Lee e ator Suraj Sharma em estreia de 'As aventuras de Pi' em 16 de novembro na cidade de Los Angeles (Foto: Phil McCarten/Reuters) 

Ang Lee e ator Suraj Sharma apresentam 'Pi' em evento realizado em novembro; o longa tem 11 indicações aos Oscar, incluindo fotografia, e fica atrás somente de 'Lincol', com 12 (Foto: Phil McCarten/Reuters)
Fotografia
"Anna Karenina"
"Django livre"
"As aventuras de Pi"
"Lincoln"
"007 – Operação Skyfall"

Edição
"Argo"
"A vida de Pi"
"Lincoln"
"A hora mais escura"
"O lado bom da vida"

Trilha sonora original
Dario Marianelli ("Anna Karenina")
Alexandre Desplat ("Argo")
Mychael Danna ("As aventuras de Pi")
John Williams ("Lincoln")
Thomas Newman ("007 – Operação Skyfall")
 

Daniel Craig e Judi Dench em '007 - Operação Skyfall' (Foto: Divulgação/United Artists) 

Daniel Craig e Judi Dench em '007 – Operação Skyfall', que teve indicação a melhor canção original (Foto: Divulgação/United Artists)
Canção original
"Before my time", de "Chasing ice" – J. Ralph (música e letra)
"Everybody needs a best friend", de "Ted" – Walter Murphy (música) e Seth MacFarlane (letra)
"Pi's lullaby", de "As aventuras de Pi" – Mychael Danna (música) e Bombay Jayashri (letra)
"Skyfall", de "007 - Operação Skyfall" – Adele (música e letra)
"Suddenly", de "Os miseráveis" – Claude-Michel Schönberg (música), Herbert Kretzmer (letra) e Alain Boublil (letra)

Efeitos visuais
"O hobbit: Uma jornada inesperada"
"As aventuras de Pi"
"Os vingadores"
"Prometheus"
"Branca de Neve e o caçador"


Cena do filme 'Zero dark thirty', sobre a caçada a Osama Bin Laden (Foto: Divulgação) 

Cena do filme 'A hora mais escura', que rendeu indicação ao Oscar de melhor atriz a Jessica Chastain e ainda concorre em categorias como Edição de som (Foto: Divulgação)
Edição de som
"Argo"
"Django livre"
"As aventuras de Pi"
"A hora mais escura"
"007 – Operação Skyfall"

Mixagem de som
"Argo"
"Os miseráveis"
"As aventuras de Pi"
"Lincoln"
"007 – Operação Skyfall"

Melhor curta-metragem
"Asad"
"Buzkashi boys"
"Curfew"
"Death of a shadow (doos van een schaduw)"
"Henry"

Curta-metragem de animação
"Adam and dog"
"Fresh guacamole"
"Head over heels"
"Maggie Simpson in 'The Longest Daycare'"
"Paperman"

Figurino
"Anna Karenina"
"Os miseráveis"
"Lincoln"
"Espelho, espelho meu"
"Branca de Neve e o caçador"

O ator Martin Freeman na pele Bilbo Bolseiro, em 'O hobbit: uma jornada inesperada', de Peter Jackson (Foto: Divulgação) 

O ator Martin Freeman na pele Bilbo Bolseiro, em 'O hobbit: Uma jornada inesperada',  indicado em três categorias técnicas, dentre elas Design de produção (Foto: Divulgação)
Design de produção
"Anna Karenina"
"O hobbit: Uma jornada inesperada"
"Os miseráveis"
"A vida de Pi"
"Lincoln"

Maquiagem e cabelo
"Hitchcock"
"Os miseráveis"
"O hobbit: Uma jornada inesperada"

Fonte: G1
Ocorreu um erro neste gadget

Arquivo do blog

Amazon MP3 Clips