sexta-feira, 28 de fevereiro de 2014

O que fazer quando a Internet está lenta?

Com grande parte das funções e atividades do computador vinculadas à Internet, desde atualizações de recursos até o funcionamento de games e ferramentas de trabalho, o desempenho de tarefas no PC está cada vez mais vinculado à velocidade e à estabilidade da conexão com esta rede mundial.


Neste tutorial, o TechTudo irá apresentar uma série de procedimentos práticos e simples, que irão lhe ajudar a diminuir interferências em sua conexão e aumentar a velocidade de sua Internet.

Passo 1. Verifique a velocidade real de sua navegação utilizando Velocímetro do TechTudo. Esta ferramenta online irá identificar a performance de download e upload de sua conexão, permitindo que você verifique se a velocidade está de acordo com o plano de sua operadora;

Meça a velocidade real de sua internet e verifique se corresponde ao plano de sua operadora (Foto: Reprodução/Daniel Ribeiro) 
Meça a velocidade real de sua Internet e verifique se corresponde ao plano de sua operadora (Foto: Reprodução/Daniel Ribeiro)
Passo 2. Evite abrir várias abas de navegação em seu browser. Quanto mais janelas estiverem carregando dados pela Internet, maior será a taxa de processamento na transferências de informações e menor o desempenho da velocidade de sua conexão;


Utilize seu browser com um número razoável de abas de navegação (Foto: Reprodução/Daniel Ribeiro) 
Utilize seu browser com um número razoável de abas de navegação (Foto: Reprodução/Daniel Ribeiro)
Passo 3. Limpe o seu navegador em suas opções de configuração ou através de aplicativos como o CCleaner ou o Washing Machine. Através destes procedimentos você eliminará cookies, históricos, arquivos temporários e outros dados armazenados em seu PC, evitando que sua navegação torne-se lenta ou sobrecarregada;


Elimine informações desnecessárias de seu browser através de métodos internos ou com aplicativos específicos (Foto: Reprodução/Daniel Ribeiro) 
Elimine informações desnecessárias de seu browser através de métodos internos ou com aplicativos específicos (Foto: Reprodução/Daniel Ribeiro)
Passo 4. Instale um acelerador de navegação como o Ashampoo Internet Accelerator para aperfeiçoar a conexão de sua Internet, alterando configurações de acesso de seu computador e acelerando a velocidade no carregamento de sites pelos browsers;


Utilize o Ashampoo Internet Accelerator para tornar sua navegação mais rápida (Foto: Reprodução/Daniel Ribeiro) 
Utilize o Ashampoo Internet Accelerator para tornar sua navegação mais rápida (Foto: Reprodução/Daniel Ribeiro)
Passo 5. Utilize gerenciadores de downloads, como o Leech, Speed Download, FlashGet ou Free Download Manager para administrar melhor o recebimento de arquivos baixados, através de complexos e seguros sistemas de fragmentação de dados;


Instale um gerenciador de download para controlar melhor o tráfego de dados dos arquivos baixados (Foto: Reprodução/Daniel Ribeiro) 

Instale um gerenciador de download para controlar melhor o tráfego de dados dos arquivos baixados (Foto: Reprodução/Daniel Ribeiro)
Passo 6. Se você possui problemas para carregar vídeos e transmissões via streaming, utilize aplicativos especificamente desenvolvidos para acelerar o download de sites de vídeos, como o Bywifi Video Streaming Downloader e SpeedBit Video Accelerator;


Use aceleradores de sites de vídeos para carregar mais rápido a transmissão de seus conteúdos (Foto: Reprodução/Daniel Ribeiro) 
Use aceleradores de sites de vídeos para carregar mais rápido a transmissão de seus conteúdos (Foto: Reprodução/Daniel Ribeiro)
Passo 7. Utilizando a Internet, verifique se o firmware dos componentes de seu computador está atualizado, principalmente da placa de rede, do modem e do roteador. O upgrade das partes de seu PC poderá influenciar bastante no desempenho da velocidade da Internet;


Mantenha o firmware dos componentes de seu PC atualizados (Foto: Reprodução/Daniel Ribeiro) 
Mantenha o firmware dos componentes de seu PC atualizados (Foto: Reprodução/Daniel Ribeiro)
Passo 8. Evite utilizar vários programas simultaneamente, pois a sobrecarga da memória RAM do PC não influencia apenas a velocidade do processamento do computador, mas também de sua conexão com a web;


Não sobrecarregue a memória RAM de seu computador utilizando vários aplicativos ao mesmo tempo (Foto: Reprodução/Daniel Ribeiro) 
Não sobrecarregue a memória RAM de seu computador utilizando vários aplicativos ao mesmo tempo (Foto: Reprodução/Daniel Ribeiro)
Passo 9. Mantenha o disco rígido de seu computador desfragmentando, utilizando as ferramentas nativas do sistema operacional ou programas como AVG Antivirus, Defraggler, Stellar Drive Defrag ou EaseUS CleanGenius. Quanto menos fragmentados estiverem os dados em seu PC, mais rápido será a performance de seu processamento, e também a sua conexão;


Desfragmente seu HD para melhorar o processamento de dados e o desempenho da internet (Foto: Reprodução/Daniel Ribeiro) 
Desfragmente seu HD para melhorar o processamento de dados e o desempenho da Internet (Foto: Reprodução/Daniel Ribeiro)
Passo 10. Prefira conectar-se à Internet diretamente pelo cabo ao invés de fazer o acesso via wireless. Desta forma é possível evitar grande parte dos problemas na transmissão do sinal de dados que influenciam na velocidade da rede;


Evite possíveis interferências de redes via Wi-Fi optando por conexões com o cabo (Foto: Reprodução/Daniel Ribeiro) 
Evite possíveis interferências de redes via Wi-Fi optando por conexões com o cabo (Foto: Reprodução/Daniel Ribeiro)


Passo 11. Caso você utilize conexões via Wi-Fi, procure diminuir a distância entre o PC e o roteador sem fio, uma vez que paredes e materiais como ferro e água poderão influenciar bastante na qualidade da conexão. Procure acessar a Internet o mais próximo possível do roteador e faça o teste de velocidade do velocímetro do TechTudo, indicado no passo 1, para avaliar a perda de sinal via wireless em acessos mais distantes.
Por que a internet cai a todo momento? Descubra no Fórum do TechTudo.


Procure manter o roteador em áreas centrais, evitando possíveis interferências no sinal da rede (Foto: Reprodução/Daniel Ribeiro) 
Procure manter o roteador em áreas centrais, evitando possíveis interferências no sinal da rede (Foto: Reprodução/Daniel Ribeiro)



Fonte: Tech Tudo




WhatsApp ou Telegram? Veja qual é o melhor aplicativo de mensagens

O Telegram era um aplicativo de mensagens praticamente desconhecido até o WhatsApp Messenger começar a apresentar falhas recorrentes. Possivelmente impulsionado também pela compra repentina do WhatsApp pelo Facebook, o app reapareceu nos celulares. Mas, por que o Telegram foi o escolhido pelos usuários? Veja o comparativo e confira se WhatsApp deve se preocupar com a concorrência.
Veja qual é o melhor: Telegram ou WhatsApp Messenger? (Foto: Arte/TechTudo) 
Veja qual é o melhor: Telegram ou WhatsApp Messenger? (Foto: Arte/TechTudo)

Contatos – Empate
Tanto Telegram quanto WhatsApp alimentam a base de contatos do usuário da mesma forma, por meio do número do telefone móvel. Com isso, é necessário obter o número do celular da pessoa com quem se deseja conversar, o que dá certa privacidade e não requer conta de e-mail atrelada.

Por outro lado, não há uma base de usuários disposta online – ou você tem o número de alguém com os apps instalados ou não fala com ninguém. Além disso, os dois aplicativos permitem criação de grupos de contatos. Ou seja, empate.

Multimídia – WhatsApp
Este é o primeiro quesito em que o WhatsApp sai na frente. Com recursos de envio de fotos, vídeos, localização, contato e áudio (mensagem de voz), o aplicativo adquirido pelo Facebook é superior ao Telegram. Este último tem boas opções, mas ainda não oferece gravação de mensagens de voz.
Por outro lado, o concorrente do WhasApp tem uma maneira simples de acessar e de explorar arquivos e compartilhar qualquer coisa com um contato –incluindo todos arquivos armazenados no aparelho. Mas, vale lembrar que o destinatário só conseguirá abrir os itens se tiver o aplicativo próprio para isso, caso não sejam arquivos de vídeo, áudio ou imagem comuns (o Telegram só entrega o pacote). O aplicativo russo tem ainda uma opção que permite buscar imagens direto dos resultados do Google.
Emoticons – Empate
Nos emoticons há novo empate. WhatsApp e Telegram têm os mesmos tipos de ícones para usar, separados em cinco categorias. A vantagem, nesse caso, é que a migração entre os serviços não se torna abrupta, os emoticons que os usuários estão acostumados a usar estão disponíveis no outro.
Visual – Empate
O design dos aplicativos é praticamente o mesmo, por isso trata-se mais de uma questão de gosto pessoal. A diferença primordial está na paleta de cores. Enquanto WhatsApp usa tons de verde, Telegram opta pelo azul. No resto, a disposição dos botões e a interface geral é bastante semelhante. O curioso é que o azul torna o Telegram mais parecido com o Facebook, agora dono do WhatsApp.

O visual das notificações é igual nos aplicativos (Foto: Reprodução/Anna Kellen Bull)O visual das notificações é igual nos dois aplicativos (Foto: Reprodução/Anna Kellen Bull)
Personalização – Empate
Isso mesmo, outro empate. O Telegram é tão parecido com o WhatsApp que até suas opções de personalização são as mesmas. Nas configurações é possível trocar o papel de parede usado nas conversas, escolhendo entre várias opções disponíveis dentro dos programas.

A única diferença entre os dois é no acesso aos wallpapers. Enquanto o WhatsApp exige o download de um app à parte, o Telegram integra as imagens em um só aplicativo. Em ambos os casos há como escolher também uma foto da galeria do smartphone.
Ligações – Empate
Nenhum dos apps faz ligações telefônicas ou VoIP para os contatos, mesmo que eles sejam cadastrados pelo número do celular. No entanto, vale lembrar que o WhatsApp já anunciou que as chamadas de voz serão incluídas no aplicativo ainda em 2014, o que o colocará à frente do Telegram. Por enquanto, porém, ambos são equivalentes.
Custo – Telegram
Inicialmente cobrado por download para usuários de iOS, o WhatsApp se tornou gratuito em todas as plataformas e passou a cobrar US$ 0,99 por ano por usuário após o período de degustação da plataforma. Depois da sua venda para o Facebook, Mark Zuckerberg tratou de enfatizar que nada mudará no serviço, garantindo que não oferecerá anúncios nem passará a cobrar mais.

Porém, o Telegram é um serviço completamente gratuito. Dito "não comercial", o aplicativo funciona baseado em doações de usuários e, segundo seus criadores, será mantido assim para sempre – uma vantagem especial para quem não deseja desembolsar para trocar mensagens via Internet ou não tem um cartão de crédito para pagar pela assinatura do WhatsApp numa "app store".
Plataformas – Telegram
O WhatsApp tem versões para todo tipo de plataforma móvel, o que facilita a adesão de usuários. Porém, o Telegram é completamente baseado na nuvem, o que permite ter uma versão também para desktop.

Apesar de só haver versão oficial para Android e iOS, o Telegram tem outros vários apps não-oficiais, porém funcionais, para Windows, Mac e Linux. Existe versão até mesmo para Google Chrome, que permite usar o serviço também em Chromebooks.
Curiosidades 
Apesar do WhatsApp permitir excluir as mensagens e mídias recebidas sem a opção de restaurá-las depois, no Telegram há como iniciar uma "conversa secreta". Neste caso, a conversa não é salva na nuvem do Telegram e apenas só os usuários envolvidos terão acesso. Os chats secretos no celular são criptografados, marcados com um cadeado e pela cor verde, além do participante serem avisados ao abrir a conversa. O Telegram garante que não mantém estes logs de mensagens armazenados.
  Chat secreto é uma opção apenas do Telegram (Foto: Reprodução/Rita Silveira)Chat secreto é uma opção apenas do Telegram (Foto: Reprodução/Rita Silveira)
Conclusão – Empate
A diferença é pequena e apesar do WhatsApp ser mais antigo, o Telegram possui ferramentas diferentes, que podem atrair mais o público. Mas, os recursos oferecidos por ambos os aplicativos praticamente se equivalem.

Se, por um lado, WhatsApp tem mais recursos de compartilhamento de arquivos e mensagem de voz (caminhando para as ligações), o Telegram funciona nativamente no desktop, dando mais opções de comunicação com os contatos.

Tirando esses pequenos detalhes, WhatsApp e Telegram são quase iguais e, talvez, tenha sido exatamente esse o motivo de tantos usuários terem migrado para o segundo nos últimos dias. Afinal, quanto menor a mudança melhor para pessoas que usam tanto esse tipo de serviço todos os dias. 
O Telegram tem ainda ao seu lado um suposto sistema de criptografia que melhora a segurança dos dados. Segundo os criadores, o app é “à prova do governo russo” e outros curiosos que queiram interceptá-lo. Mas, ainda não há subsídios para que possamos avaliar sua real efetividade.

Enquanto isso, o WhatsApp continua a ser o mensageiro dominante devido a seus 450 milhões de usuários. No fim, por mais que sejam ferramentas semelhantes, migrar tanta gente de um serviço para outro pode demorar ou nunca acontecer – e foi exatamente por isso, entre outras qualidades, que o Facebook pagou R$ 16 bilhões pelo mensageiro online. O fato de todos estarem no WhatsApp, e não no Telegram, faz dele mais popular.
Aplicativos possuem muitas coisas em comum (Foto: TechTudo/Anna Kellen Bull) 
Aplicativos possuem muitas coisas em comum (Foto: TechTudo/Anna Kellen Bull)
Veja o que vai mudar no WhatsApp após a compra pelo Facebook no Fórum do TechTudo. 

Fonte: Tech Tudo

ABIN quer informações sobre LSD no PI; droga é vendida pelo Whatsapp

A Agência Brasileira de Inteligência solicitou informações à Delegacia de Entorpecentes do Piauí acerca da apreensão de dois tabletes de LSD. A apreensão ocorreu na noite desta quinta (27) e foi a primeira apreensão desse tipo de droga no Estado. Segundo o delegado Willame Moraes, coordenador da especializada, o LSD seria comercializado em Barra Grande, litoral do Piauí. 

Raoni Barbosa/Revista Cidade Verde

O traficante preso em flagrante é um bacharel em Direito. A abordagem foi feita após denúncia anônima e expedição de um mandado de busca e apreensão. O delegado informou ainda que três pessoas estavam comprando a droga no momento da abordagem: um estudante de Medicina e dois estudantes de Direito.

PC/Piauí

"A droga é muito cara. Nós já tínhamos informações de que era consumida em festas particulares e boates de Teresina. Mas nunca tínhamos conseguido fazer a apreensão até pela dificuldade de acesso. Os usuários tem padrão de vida elevados", declarou.

Os tabletes são divididos em vários pequenos selos, estampados com personagens de desenhos animados ou desenhos infantis. Cada selinho é comercializado a R$ 1.250. A droga não é fabricada no Brasil, segundo o delegado. É trazida da Europa e chega nos grandes centros turísticos para depois ser distribuída para o resto do país.

O efeito é alucinógeno. Cada selo consumido tem efeito por 8 horas. 


Por ser a primeira vez que a polícia pôs as mãos na droga no Piauí, a Delegacia de Entorpecentes pretende se aprofundar nas investigações e saber ramificações do tráfico desse tipo de droga sintética. 

"É um caso novo, que a gente está aprendendo com ele. A gente aprende o planejamento de atuação. O Gaeco, o Ministério Público, a Abin, todo segmento de Segurança está interessado nesse caso. Sabemos que tem êxtase também sendo comercializado em Teresina, por isso o interesse. A gente tenta preservar a identificação dele para prosseguir as investigações. A gente tem que aproveitar esse caso o máximo possível para aprender com ele", disse.


Lança perfume

Conhecida como a droga do Carnaval, um carregamento de lança perfumes também foi apreendido na manhã desta sexta (28) na capital. O carregamento estava sendo transportado com nota fiscal falsificada. Não foi possível prender o receptor. 


"A polícia montou campana para tentar prender o receptou mas não foi possível", explicou o delegado. 


Ainda segundo ele, a polícia já sabe que há comércio de lança perfume através do Whatsapp em Teresina. "Sabemos que está sendo vendida pela rede e custa R$ 150. Esse carregamento estava vindo de Goiânia", comentou.

Operação Carnaval

A Delegacia de Entorpecentes está com uma operação montada para o período do Carnaval. "A Entorpecentes já sabia desse carregamento de lança perfume e montou todo planejamento. Estão sendo desenvolvidas várias outras ações durante o Carnaval para coibir o tráfico. Lembramos que a pena é de 5 a 15 anos de reclusão. É equiparado a crime hediondo", ressaltou.


Fonte: Cidade Verde

quinta-feira, 27 de fevereiro de 2014

Economia brasileira avançou 2,3% em 2013, diz IBGE


PIB 2013 variação anual (Foto: Editoria de Arte/G1)

Em valores correntes, PIB do ano passado chegou a R$ 4,84 trilhões. Agropecuária cresceu 7%, a maior taxa desde o inicio da série em 1996.

A economia brasileira cresceu 2,3% em 2013, acima da alta de 1% no ano anterior. A alta teve  forte influência do desempenho da agropecuária, que teve expansão de 7% – a maior desde 1996. Em valores correntes (em reais), a soma das riquezas produzidas em 2013 chegou a R$ 4,84 trilhões e o PIB per capita (por pessoa) atingiu R$ 24.065.

Nos últimos três meses de 2013, o Produto Interno Bruto (PIB) cresceu 0,7%, depois de uma contração de 0,5% no terceiro trimestre.
Os números foram divulgados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) nesta quinta-feira (27).
O dado veio em linha com as projeções do governo e dos analistas. A previsão dos economistas do mercado financeiro era de um crescimento de 2,28% em 2013, segundo o boletim Focus, bem próximo ao projetado pelo Banco Central, que, depois de seguidas reduções ao longo do ano, a manteve em 2,3%. Já a estimativa do IBC-Br, que pretende ser uma “prévia” do PIB, mostrou uma alta de 2,52% na atividade em 2013, parecida com a do ministro da Fazenda, Guido Mantega, de 2,5%.
3º maior crescimento
PIB 2013 países (Foto: Editoria de Arte/G1)

Entre uma lista de países selecionados e apresentados pelo IBGE, o crescimento da economia brasileira em 2013 aparece como o terceiro maior, atrás apenas da expansão de 7,7% da China e de 2,8% da Coreia do Sul.

Atrás do Brasil, aparecem os Estados Unidos, Reino Unido e África do Sul (todos com expansão de 1,9%), Japão (1,6%), México (1,1%), Alemanha (0,4%), França (0,3%) e Bélgica (0,2%).
Dados do FMI, no entanto, apontam que outros países tiveram crescimento superior ao brasileiro: a Índia, por exemplo, cresceu 3,8%; Bolívia, 5,4% e Costa Rica, 3,5%.
Setores
Os três setores analisados pelo IBGE para o cálculo do PIB mostraram avanço, com destaque para a agropecuária, que cresceu 7%, influenciada pela safra recorde de grãos. Segundo o IBGE, é a maior taxa desde o inicio da série, em 1996.

Na sequência, aparecem os serviços, com alta de 2%, e a indústria, que cresceu 1,3%. Em 2012, o avanço do PIB havia sido puxado pelo desempenho do setor de serviços, o único que, na ocasião, mostrou taxa positiva.
PIB 2013 matéria composição (Foto: Editoria de Arte/G1)

Na agricultura, o destaque partiu da produção de soja (24,3%), de cana de açúcar (10%), de milho (13%) e de trigo (30,4%). Já o crescimento da indústria foi puxado pela atividade de eletricidade e gás, água, esgoto e limpeza urbana (2,9%).

Dentro do setor de serviços, o maior avanço foi verificado no setor de serviços de informação (5,3%), seguido por transporte, armazenagem e correio (2,9%) e comércio (2,5%).
Investimentos e gastos do governo
Em 2013, na análise pela demanda, a formação bruta de capital fixo (investimentos) foi o que mais cresceu, 6,3%, influenciada pelo aumento da produção de máquinas e equipamentos.

Dentro dessa mesma avaliação, o consumo das famílias, que por muito tempo puxou o crescimento da economia brasileira, mostrou taxa positiva pelo 10º ano seguido. No entanto, o aumento foi menos expressivo, 2,3% – em 2012, a alta foi de 3,2%.

"Tal comportamento foi favorecido pela elevação da massa salarial e pelo acréscimo do saldo de operações de crédito do sistema financeiro com recursos livres para as pessoas físicas", afirmou o IBGE em nota.
  •  
PIB 2013 matéria setores (Foto: Editoria de Arte/G1)

A despesa do consumo da administração pública (gastos do governo) foi o item que menos subiu dentro da análise da demanda, 1,9%.

Em 2013, a taxa de investimento foi de 18,4% do PIB, um pouco acima do registrado em 2012, de 18,2%. Já a taxa de poupança foi de 13,9% em 2013, valor abaixo do visto no ano anterior, de 14,6%.
Quanto ao setor externo, as exportações cresceram 2,5%, puxadas pelos produtos agropecuários. O percentual foi inferior ao das importações de bens e serviços, cujo avanço foi de 8,4%, influenciado pela indústria petroleira.

Na comparação com o 3º trimestre do ano, os serviços apresentaram expansão de 0,7%, a agropecuária teve variação nula e a indústria variação negativa de 0,2%.

Nos serviços, todas as atividades apresentaram resultados positivos, com destaque para serviços de informação (4,8%). Intermediação financeira e seguros cresceu 2,0%, seguida por outros serviços (1,2%), comércio (0,8%), transporte, armazenagem e correio (0,4%), administração, saúde e educação pública (0,4%) e atividades imobiliárias e aluguel (0,2%).
Análises trimestrais
Na comparação com o terceiro trimestre de 2013, os resultados do quarto ficaram descolados dos observados no ano. O setor de serviços foi o único que mostrou taxa positiva, de 0,7%, influenciado pelos serviços de informação. A agricultura, por sua vez, não teve variação e a indústria recuou 0,2%.

PIB 2013 trimestres (Foto: Editoria de Arte/G1)

De acordo com o IIBGE, todos os componentes da demanda interna registraram alta. Os gastos do governo tiveram a maior aumento, de 0,8%, seguidos pelas despesas das famílias (0,7%) e pelos investimentos (0,3%). Ao contrário do que ocorreu no ano fechado, as exportações de bens e serviços cresceram, 4,1%, e as importações tiveram queda de 0,1%.

Já na comparação com o quarto trimestre de 2012, o PIB, que cresceu 1,9%, foi a agropecuária quem puxou o crescimento, com uma taxa positiva de 2,4%. Na sequência, aparece a indústria, com avanço de 1,5%, influenciada pela produção de máquinas e equipamentos.

O avanço do setor de serviços foi menor, de 1,8%, com destaque para os serviços de informação (7,6%) e para o comércio (atacadista e varejista), com alta de 2,9%.

Nessa base de comparação, os investimentos cresceram 5,5%; o consumo das famílias teve avanço de1,9% - a 41ª variação positiva seguida, e os gastos do governo cresceram 2%.  As exportações cresceram mais que as importações: 5,6% contra 4,8%. 

Fonte: G1

Wagner Moura será Pablo Escobar em série dirigida por José Padilha

Galeria Wagner Moura: Tropa de Elite 2

Narco terá 13 episódios e será exibida exclusivamente pela Netflix, serviço de vídeos por streaming 
 
Wagner Moura reviverá a parceria com José Padilha, desta vez, longe dos cinemas. O ator foi escolhido para interpretar Pablo Escobar na nova série do diretor, criada especialmente para a Netflix, serviço de vídeos (seriados e filmes) por streaming. A informação foi confirmada por Padilha ao jornal Folha de S. Paulo.
Ator e diretor já estiveram lado a lado nos dois filmes de Tropa de Elite, longas que catapultaram ambos para produções maiores. Padilha, por exemplo, foi para RoboCop, lançado recentemente, enquanto Moura estrelou Elysium, ao lado de Matt Damon.
As filmagens deveriam começar em 2013, mas acabaram adiadas. Serão 13 episódios percorrendo vida e morte do poderoso e controverso colombiano. O roteiro será escrito por Doug Miro e Carlo Bernard e a produção executiva fica por conta de Eric Newman.

Narco, nome dado à atração, não é o único projeto em curso que tem Escobar como foco principal. São dois, aliás: Benicio del Toro interpreta o colombiano em Paradise Lost, filme que ainda não tem data de estreia, e King of Cocaine será protagonizado por John Leguizamo, de O Peste e Moulin Rouge - Amor Em Vermelho

Fonte: Rolling Stone Brasil

Sheik volta contra o Linense, e Mano já projeta Timão sem Guerrero

Emerson Sheik Mano Menezes Corinthians (Foto: Daniel Augusto Jr / Agência Corinthians)

Peruano lesiona o joelho, deixa o Corinthians sem centroavante, e técnico projeta mudanças no esquema tático nas próximas partidas

Fora dos últimos três jogos do Corinthians após realizar uma microcirurgia para retirada de uma abscesso (inflamação por excesso de líquidos), o atacante Emerson Sheik estará à disposição para a partida contra o Linense, na próxima quarta-feira, às 22h (horário de Brasília), no estádio Gilberto Siqueira Lopes, em Lins. Com a ausência de Paolo Guerrero, lesionado, o treinador já pensa em uma nova ideia de disposição tática para a equipe.

As três vitórias consecutivas (sobre Oeste, Rio Claro e Comercial) fizeram com que Mano encontrasse um esquema ideal. O Timão vem atuando com três volantes espalhados no meio-campo e Jadson mais avançado, como referência. Em Lins, algumas adaptações serão necessárias, já que o problema no joelho direito de Guerrero não possibilitará que o peruano entre em campo. Ele deve ficar afastado da equipe por um bom tempo.

– Vamos jogar em função de outra característica. Será com dois atacantes de mais movimentação, o que dá mais versatilidade em alguns aspectos. Precisamos encontrar o equilíbrio para que a equipe não se ressinta sem um jogador que faz a última bola – argumentou o treinador.

O setor ofensivo foi alvo de críticas constantes no Corinthians nos últimos tempos. No ano passado, o ataque terminou o Campeonato Brasileiro como segundo pior entre os 20 times participantes. Neste ano, a quantidade de gols perdidos voltou a incomodar a torcida. Romarinho deu a volta por cima, mas Emerson e Guerrero seguem em busca de melhores atuações e mais gols para agradar à Fiel.

Mano não acredita que o retorno de Sheik após uma pausa na sequência de jogos será ruim. Pelo contrário: o técnico acredita que, após a pausa para o Carnaval, o Timão terá todos os jogadores no mesmo nível físico e, consequentemente, maior força para buscar a quarta vitória seguida e ampliar as chances de classificação à próxima fase do Paulistão.

– Tenho certeza que no próximo jogo ele estará no nível dos demais. Vai ser bom para ele porque a equipe melhorou nesse período. Todos que entrarem terão uma condição de jogar bem porque as bolas estão chegando bem mais – completou.
 
Antes lanterna, o Corinthians já é o terceiro colocado do Grupo B, com 17 pontos conquistados. O Botafogo segue na liderança, com 19, seguido de perto pelo Ituano, com 18. Restam quatro rodadas até o fim da competição: o Timão ainda enfrenta Linense e Penapolense fora, enquanto recebe São Paulo e Atlético Sorocaba no Pacaembu..

 Fonte: Globo Esporte

Promotora recorre ao TCE com liminar para impedir carnaval no PI

Conselheiros julgaram na manhã de hoje o pedido de liminar que suspendia convênio da Fundac com municípios. 

O Tribunal de Contas Estado (TCE) julgou na manhã de hoje(27) o pedido de medida cautelar que solicitava a suspensão dos convênios da Fundação Cultural do Estado (Fundac), no valor R$ 960 mil, com municípios do Estado para contratação de bandas para o Carnaval. A ação que pedia uma liminar de suspensão foi proposta pela promotora de Justiça, Leida Diniz.  

Em sua defesa, Diniz argumentou que o interesse público não está sendo atendido, que hoje o Piauí enfrenta uma das piores secas, com 212 municípios em situação de emergência. “Essas emergências são faz de conta? Esses municípios estão em calamidade por causa da seca e vão brincar o carnaval?”, questionou.

A promotora citou que o Piauí está em terceiro lugar como o pior índice de desenvolvimento humano e na relação com o pior PIB e na relação da mortalidade infantil. “Estamos defendendo a prioridade absoluta para infância, com a criação de creches que muitos municípios não estão atendendo”, destacou. 

Os conselheiros ouviram atentamente a promotora e lastimaram os números citados pela representante do Ministério Público, mas negaram a medida cautelar, por unanimidade, argumentando que os gastos com festividades são planejados dentro dos orçamentos municipais, estaduais e federal e que a discussão da aplicação ou não desses recursos em festas populares ou em outra área é uma decisão política dos legisladores e do executivo. 


“Posso questionar essa política e fazer uma crítica aos municípios, que podem não usar a transparência na transferência dos gastos, que a rigor é com dispensa de licitação, precisamos ser mais exigentes nessa fiscalização, mas proibir de fazer não cabe a nós. Podemos até questionar que o município 0.6 (no Fundo de Participação do Município), com recursos escassos, não deveria promover o carnaval, mas será que a população concorda?”, questionou o conselheiro Jaylson Campelo.  


Ele disse ainda que defende que a discussão deve se dar nos parlamentos por ser uma decisão política e que deve continuar lá. “Mas devemos cobrar uma discussão dos orçamentos com audiências públicas como prevê a Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF) e que não é feito”, acrescentou. 

Os conselheiros Olavo Rebelo, Jackson Veras, Raissa Rezende, Luciano Nunes e Abelardo Pio Vilanova e Silva também votaram contra a medida cautelar, mas acataram o pedido alternativo de que seja convertida em representação para ser apreciada pelos termos do Tribunal De Contas do Estado os gastos envolvidos, ouvindo os prefeitos e a presidência da Fundac a respeito.

Fonte: Cidade  Verde

quarta-feira, 26 de fevereiro de 2014

Ator preso por engano perdeu sete quilos em 16 dias na cadeia

Antes e Depois - Vinicius Romão (Foto: Paulo Brito/ Divulgação)

Amigo diz que dificuldade de Vinícius Romão em ver a família e os amigos contribuiu para o emagrecimento do ator.

Vinícius Romão, que foi preso por engano ao ser acusado de roubar a bolsa de uma mulher no Méier, Zona Norte do Rio, perdeu sete quilos durante os 16 dias que ficou na cadeia. Segundo Paulo Brito, amigo de Vinícius, o ator que costumava se exercitar em uma academia, perdeu basicamente massa muscular durante tempo que ficou na Cadeia Pública Patrícia Acioli, em São Gonçalo. "Ele se alimentava do que era servido na cadeia. Mas o que realmente o fez perder peso também foi o fato dele não conseguir receber o pai. Ele só tinha contato com o advogado. O pai dele precisou fazer uma carteirinha especial para poder visitá-lo", conta Paulo Brito que, junto com outros amigos do rapaz, fez uma campanha na internet por sua soltura.

De acordo com o jornal "Extra", Vinícius ficou preso em  uma cela com 14 pessoas. A maioria dos presos estava lá por tráfico de drogas e pela lei Maria da Penha (violência doméstica). Ele contou também que dormiu  no chão sobre um pedaço de papelão e a água que conseguia beber era a armazenada durante o banho.
Assim que deixou a prisão nesta quarta-feira, 26, Vinícius foi recebido por amigos que fizeram uma recepção em sua homenagem. Revoltados com a prisão injusta do ator, eles protestaram pela liberdade do rapaz em um viaduto do Méier e mobilizaram a web com campanhas.
Relembre o caso
Vinícius Romão de Souza, de 27 anos, foi preso no último dia 10. Ele foi abordado por policiais após deixar a loja em que trabalha, em um shopping da Zona Norte do Rio. O ator, detido na Rua Amaro Cavalcante, no Méier, no Rio, foi acusado de assaltar uma copeira do Hospital Pasteur. Ele foi obrigado a se deitar de bruços no chão e foi levado à 25ª DP, onde a vítima o reconheceu.

Segundo o advogado de Vinícius, Rubens Nogueira de Abreu, vídeos de segurança do hospital e de prédios vizinhos mostram que o verdadeiro ladrão, que também era negro, vestia apenas uma bermuda, enquanto Vinícius estava com uma calça e uma camisa pretas. A prisão de Vinícius ganhou grande exposição na internet, já que amigos do ator fazem campanha para que ele seja solto e dizem que ele foi vítima de preconceito.
Amigos de Vinicius Romão de Souza (Foto: Paulo Brito/ Divulgação) 
Amigos de Vinicius Romão de Souza em um viaduto do Méier (Foto: Paulo Brito/ Divulgação)
Vinícius Romão (Foto: Facebook / Reprodução) 
Campanha feita pelos amigos de Vinícius que circulou na web
 

 Fonte: EGO

Viber: saiba como ligar grátis para telefones fixos com o rival do WhatsApp



A briga entre os mensageiros online está boa e quem vem ganhando são os usuários. Após WhatsApp Messenger anunciar a chegada de chamadas de voz ao serviço em 2014, o Viber contra-atacou com a liberação de chamadas gratuitas para telefones fixos. Antes, esse tipo de ligação só era possível com a aquisição de créditos. Veja como usar o Viber Out e aproveitar a vantagem.

Passo 1. Acesse o Viber e selecione um contato de sua lista telefônica.

Passo 2. Toque em ‘Viber Out’. A chamada deverá ser iniciada imediatamente, desde que o número seja de um telefone fixo no Brasil;

Passo 3. Caso você deseje inserir um número de telefone manualmente, basta navegar até o histórico de chamadas, arrastando a tela para a esquerda até a tela com ícone de relógio.

Passo 4. Toque em ‘Abrir teclado’ e digite o número desejado. Depois, toque no símbolo de telefone ao centro. Para ligar para números de outros estados, não esqueça de incluir o DDD antes. Não é necessário inserir código de país.

Pronto! Agora você já sabe como realizar chamadas de forma completamente gratuita para telefones fixos no Brasil via internet, usando o Viber. Vale lembrar que é necessária uma conexão ativa para usar o serviço, de preferência uma rede Wi-Fi de alta velocidade.

 
Fonte: Tech tudo

Nasa anuncia descoberta de 715 novos planetas fora do Sistema Solar

Cinco mundos estão na zona habitável de suas estrelas e têm um tamanho semelhante ao da Terra

Exoplaneta UCF-1.01

Exoplanetas: são condições necessárias para o surgimento da vida água, superfície rochosa e uma distância das estrelas que mantenha os mundos na temperatura ideal (NASA/JPL-Caltech)

A Nasa anunciou nesta quarta-feira que foram identificados 715 novos planetas fora do Sistema Solar. Os novos mundos orbitam 305 estrelas e foram descobertos pelo telescópio Kepler, cuja missão é encontrar planetas semelhantes à Terra, a partir de um novo método de verificação. A descoberta será publicada em 10 de março no periódico The Astrophysical Journal.

Não existem muitas informações sobre esses planetas, principalmente se eles têm as condições necessárias para o surgimento da vida — água, superfície rochosa e uma distância de suas estrelas que os mantenha na temperatura ideal. Cinco planetas estão na zona habitável de suas estrelas e têm um tamanho semelhante ao da Terra, informou a Nasa. Segundo a agência, a maioria das novas descobertas está em um sistema multiplanetário parecido com o nosso. Cerca de 95% dos novos planetas têm um tamanho entre o da Terra e o de Netuno (quatro vezes maior).

O novo método consiste em uma ferramenta que permite analisar diversos mundos ao mesmo tempo. Antigamente, cada planeta era confirmado individualmente, por meio de uma técnica chamada "diminuição de luminosidade", que ocorre quando algum objeto transita em frente a uma estrela do ponto de vista da Terra e causa uma redução na luz vista. O sistema de passagem, no entanto, não é certeiro, uma vez que outros motivos podem reduzir a luminosidade de uma estrela vista da Terra. 

"Há apenas 20 anos só conhecíamos dúzias de possíveis candidatos a exoplanetas. Agora temos cerca de 1.000, a maioria descoberta nos últimos cinco anos", afirma Douglas Hudgins, da Divisão de Astrofísica da agência espacial americana.

O Kepler, lançado em 2009, observa 150.000 estrelas, entre as quais 3.600 são possíveis planetas. Até agora, 961 desses candidatos foram confirmados.



Fonte: Veja

Como será o seu fim?...Você conhece a ortotanásia?

A medicina avançou, mas ainda tem limite. Quando ele chega, você precisa decidir como quer que seja a sua morte. Ou alguém vai decidir por você 

 

Como você quer morrer? Pode parecer uma ideia meio mórbida, sobre a qual você não gostaria de refletir agora. Ou nunca. Mas, quando chegar a hora (e ela sempre chega), é bom que você já tenha pensado no assunto - pode ser a diferença entre uma morte tranquila ou uma sobrevida tumultuada.

Não se morre mais como antigamente. Durante boa parte da história da humanidade, as pessoas viviam seus 30 anos e eram vítimas de doenças súbitas ou infecciosas. Hoje, a expectativa de vida bate nos 70 anos, e mais de 60% das mortes ocorrem por doenças crônicas (câncer, diabetes, males cardiovasculares e respiratórios), que progridem lentamente. Ou seja: a maior parte das pessoas vai ter de conviver muito tempo com a aproximação da morte. E lidar com um dilema: usar ou não a tecnologia disponível para prolongar a vida do organismo?

Uma pesquisa publicada no British Medical Journal mostra que dar ao paciente o poder de decisão não é só uma questão ética: a saúde dos familiares é beneficiada. Estresse, ansiedade e depressão são menos frequentes entre parentes de pacientes terminais que têm algum controle sobre seu tratamento. "O correto seria a pessoa saber que a doença que ela tem é incurável no momento do diagnóstico", diz Ana Cláudia Arantes, geriatra no Hospital Israelita Albert Einstein e cofundadora da Casa do Cuidar, em São Paulo. Um paciente diagnosticado com demência, por exemplo, deveria ser informado de que sua doença vai progredir até impedir sua comunicação e, portanto, seria bom esclarecer como deseja ser tratado enquanto ainda consegue se expressar. "Mas bastou você ficar na horizontal que os outros tiram a chance de você responder pela sua vida", afirma Ana Cláudia.

O novo testamento

A boa notícia é que você já pode deixar registrados os seus penúltimos desejos. É o testamento vital, adotado por 40% dos americanos e válido no Brasil desde 2012. Neste documento, você detalha quais procedimentos médicos você quer usar para prolongar a vida ¿ diálise, respiradores artificiais, ressuscitação com desfibrilador, tubo de alimentação. Mas também pode deixar claro que não quer retardar sua morte.

Na prática, significa que o médico pode realizar a ortotanásia: permitir que o paciente morra naturalmente quando a medicina não puder fazer mais nada para curá-lo. É o oposto da distanásia, o prolongamento da vida usando todos os procedimentos médicos possíveis. Ortotanásia não quer dizer que o paciente é abandonado: ele ainda recebe medicamentos para aliviar o sofrimento. Mas os médicos não vão tentar ressuscitá-lo, prolongando sua vida artificialmente. É uma grande mudança. "Culturalmente, a gente não aceita a morte. O próprio médico tem dificuldade porque foi treinado para salvar", diz Eliezer Silva, chefe da Unidade de Terapia Intensiva (UTI), do Hospital Israelita Albert Einstein, em São Paulo.

O maior argumento a favor do testamento vital é que, quando o fim está próximo, o fluxo de informação tende a se deteriorar na mesma medida que a saúde. Um exemplo disso apareceu em uma pesquisa recente: o objetivo era descobrir o que pacientes diagnosticados com uma doença terminal queriam e o que médicos fariam caso fossem diagnosticados com a mesma doença. Os resultados são bem discrepantes. A proporção de médicos que declararam desejar prolongar a vida o máximo possível usando todos os meios disponíveis foi quase sete vezes menor que a de pacientes. Duas conclusões possíveis: pacientes valorizam tanto a sobrevivência que recebem tratamentos agressivos numa frequência maior do que os médicos escolheriam para eles próprios; a qualidade da comunicação entre médicos e pacientes é péssima.

Não tem cura, mas tem jeito

"O melhor lugar para morrer é onde tudo que precisa para o seu conforto está disponível de forma rápida", acredita Ana Cláudia, que, além de geriatra, é especialista em cuidado paliativo. Diante de uma doença incurável, paliativistas têm como principal meta aliviar o sofrimento. "Um paciente tem demência, está com dez escaras, teve quatro pneumonias em um ano e está pesando 32 quilos. Se o coração dele parar, não quer dizer que ele teve uma parada cardíaca. Ele morreu. Reverter essa condição, trazendo de volta uma pessoa em processo ativo e irreversível de morte, é um erro gravíssimo", diz Ana Cláudia.

É por isso que, nos locais onde os profissionais de saúde oferecem cuidado paliativo, a mortalidade é de 100%. As pessoas já estão morrendo e decidiram passar lá suas últimas semanas ou meses. Nos chamados hospices, comuns nos EUA e ainda novidade no Brasil, há o suporte básico, mas sem as restrições típicas do hospital. Não faz sentido, por exemplo, manter sondas de alimentação se comer pela boca vai proporcionar mais conforto. Se há dificuldade para respirar, medicamentos podem reduzir a percepção da falta de ar e a terapia ocupacional vai ensinar o paciente a realizar as tarefas cotidianas (comer, tomar banho, se trocar) de um jeito que canse menos.

Um dos efeitos do cuidado paliativo é, surpreendentemente, o adiamento da morte. Segundo um estudo publicado pelo New England Journal of Medicine, pacientes com câncer de pulmão terminal tratados com cuidado paliativo viveram em média 80 dias a mais que os pacientes submetidos aos tratamentos tradicionais. Ana Cláudia também já viu gente viver mais que o prognóstico e descreve o que acredita que se passa com esses pacientes: "Passou sua dor, sua falta de ar, sua náusea, seu mal-estar. Então você se sente seguro e tem vontade de viver".

Aceitar a morte nunca é fácil. Uma coisa é estar saudável e falar sobre ela no happy hour. Outra é receber a notícia de que tem alguns meses de vida. Mas, se a morte é inevitável, talvez seja hora de derrubar o tabu. Porque viver bem não inclui não morrer. Inclui morrer bem.

TECNOLOGIA DA IMORTALIDADE
No tratamento tradicional, pacientes terminais se valem de aparelhos que prolongam sua vida ao máximo.

DIETA ALTERNATIVA
Sondas e soros substituem a alimentação normal se isso servir à sobrevivência.

COMBATE AO MAL
O procedimento comum é, até o fim, mirarem todas as armas na doença.

TERAPIA OCUPACIONAL
Em um centro de cuidado paliativo, exames dão lugar à recreação e tempo com a família.

COMIDA CASEIRA
Neste tipo de tratamento, sondas e soros podem ser dispensados. Se a morte é inevitável, vale o que deixar o paciente mais à vontade.

CONTROLE DA DOR
Na ortotanásia, o objetivo dos remédios não é mais curar a doença, mas minimizar o sofrimento do doente terminal. 


Fonte: Abril

Morre jovem que caiu de caminhão no Corso; Prefeitura emite nota





O jovem André Felipe Nascimento, 22 anos, morreu na tarde desta terça-feira (25), vítima de lesões provocadas na queda de um caminhão durante o Corso 2014, realizado no último sábado em Teresina.


André estava internado no Hospital de Urgências de Teresina (HUT) desde o dia do acidente. A assessoria de Comunicação do hospital informou que aguardará o início do expediente normal para divulgar as caudas da morte do jovem.

Em nota enviada à imprensa, a Prefeitura de Teresina lamentou o falecimento do jovem e destacou as medidas tomadas no evento para evitar acidentes com os foliões. 


Veja nota na íntegra

A Prefeitura de Teresina, através da Fundação Municipal de Cultura Monsenhor Chaves, lamenta o falecimento do jovem André Felipe do Nascimento, que morreu na tarde desta terça-feira (25), vítima de ferimentos decorrentes da queda de um caminhão que participava do Corso de Teresina, no sábado (22). Ressaltamos que todas as medidas de segurança que foram tomadas em 2014 pela organização do evento tinham por objetivo evitar acidentes como esse. Manifestamos todo o nosso pesar e transmitimos as condolências a amigos e familiares. 

Fonte: Cidade Verde

Rival do WhatsApp, Telegram faz sucesso e conquista o público

A plataforma oferece uma lista com os amigos que você está conversando

Telegram é um aplicativo gratuito para iOS e Android que funciona como mensageiro instantâneo. No programa, você pode conversar com os seus contatos de celular através de textos, emoticons, fotos e vídeos.

O primeiro passo é digitar o seu número de telefone e adicionar o código recebido por SMS para ativar o serviço. Feito isso, insira seu nome e foto de perfil para criar a sua conta no app.

A plataforma oferece uma lista com os amigos que você está conversando. Em cada chat, você pode digitar textos, adicionar emoticons, escolher uma imagem para ser o plano de fundo do bate-papo e enviar fotos e vídeos. Vale citar que é possível ver a hora que o usuário mandou a mensagem e apenas conversar com pessoas da sua lista de contatos do celular, seguindo a mesma linha do WhatsApp.

Por meio do programa, você também pode criar e fazer parte de conversas em grupo. Caso queira fazer uma sala de bate-papo com várias pessoas, basta inserir nome e foto, além, é claro, de adicionar pessoas. Um exemplo disso é que você pode criar um chat para os amigos da faculdade e outro para os colegas de trabalho.

Cada contato tem o seu próprio perfil com nome, foto, status (online e offline), número de celular e muito mais. O software permite que o usuário procure contatos ou nomes dos grupos no sistema de busca do aplicativo e ainda oferece a opção de bloquear pessoas. Também é possível ativar ou não as notificações de mensagens.

Baixe o Telegram e converse com os seus contatos de celular por meio de textos, emoticons, fotos e vídeos. O programa é compatível com iOS a partir da versão 5.0 e com Android 2.2 em diante.

Fonte: Com informações do Tech Tudo

Narizinho abusa no decote e afirma: 'Já ofereceram US$ 80 mil por saída'

Destaque da Império da Casa Verde, a assistente de palco fala de sua preparação física

“É inexplicável”. Carol Narizinho não consegue definir a sensação que teve quando desfilou na Sapucaí pela primeira vez no ano passado, como destaque de um carro da escola Beija-flor, no Rio. Este ano, a ex-panicat e assistente de palco do “Domingo da gente” fará mais uma estreia. Além do carnaval carioca, ela sairá como destaque de chão da Império da Casa Verde pela primeira vez em São Paulo. “Espero que esse seja o melhor carnaval da minha vida”, deseja ela em entrevista

A agremiação paulistana, que traz para a Avenida o tema “Sustentabilidade, construindo um mundo novo”, recebeu Narizinho de braços abertos. “Estou muito animada. Sempre que posso vou aos ensaios. Não fico no camarote, gosto de ficar com a comunidade, sambar com o pessoal, sentir o som da bateria”, diz ela.

A loira faz mistério sobre a fantasia que usará no dia do desfile. “Só posso dizer que é verde e rosa. É um biquíni, meio vazado no peito”, limita-se a contar, sem dar muitos detalhes. “Mas não é nada vulgar, porque eu não acho legal”, garante.

Para o carnaval, Narizinho intensificou os treinos. “Eu só treino pernas, glúteos e estou mais focada no abdômen”, explica ela, que se considerava "gordinha" quando estava no “Pânico” – ela saiu do programa há um ano. “O programa pedia um corpo maior. Mas prefiro como estou hoje, mais definida. Antes eu tinha mais bunda, mais perna, mas também tinha uma barriguinha, um culotezinho”, completa.

nari2.jpg

Carol não é contra mulheres "bombadas", mas não apoia o uso de anabolizantes. “Tem que ter noção, senão fica muito masculino. E não é necessário usar anabolizantes. Eu nunca usei. Tem muitos suplementos bons e a orientação de um nutricionista é fundamental. Acho bonito também barriga com ‘gominhos’, eu estou buscando cada vez mais definir a minha”, afirma ela.
PROPOSTA INDECENTE
Quem vê a assistente de palco hoje, aos 23 anos, nem imagina que a loira não era popular nos tempos de escola. “Já levei muito fora! Na escola, quando me apaixonava pelos menininhos, mandava cartinha, dava presente e eles nem me davam bola. E o melhor que agora eles vêm me procurar”, declara ela, rindo. Sempre que sai na rua, Carol é "cantada", mesmo vestindo um visual mais básico. “Não gosto muito de chamar a atenção na rua, detesto levar cantada, buzinada. Acho o ‘uó’, odeio, fico irritada. Acho uma falta de respeito com a mulher”, diz.


nari1.jpg

Os homens, aliás, estão mais atirados. Mateus Boeira, que namora Narizinho há quatro anos e é seu empresário, que o diga. “Ele não pode ser ciumento, recebe todos os e-mails, tem que engolir seco e aguentar no peito as propostas indecentes que vêm, porque são muitas. A última foi um homem oferecendo US$ 80 mil para sair comigo”, revela ela.

ATRIZ E APRESENTADORA
Narizinho faz planos para o futuro. “Não quero largar a televisão. Fiz curso de atriz e agora vou fazer um de apresentadora”, diz. Para ela, trabalhar com o corpo não nem prazo. “Depende da mulher. Porque tem muita cinquentona que deixa menininhas de 15 anos no chinelo. O importante é se cuidar”.


nari3.jpg
nari5.jpg
nari6.jpg
nari7.jpg
nari8.jpg
nari9.jpg
nari10.jpg

Fonte: Com informações do Ego

 

Ocorreu um erro neste gadget

Arquivo do blog

Amazon MP3 Clips