sexta-feira, 31 de outubro de 2014

Aluno do IFPI é selecionado para Programa Jovens Embaixadores nos EUA

A seleção, que teve início em abril, foi realizada em 7 etapas, entre formulários, provas escritas e orais, além da visita de representantes do programa aos candidatos.


Ítalo Emmanoel Mesquita Moura, estudante do Campus Teresina Central do Instituto Federal do Piauí (IFPI), foi um dos 50 selecionados para participar do Programa Jovens Embaixadores. Escolhido entre mais de 13 mil inscritos, Ítalo irá passar três semanas nos Estados Unidos em janeiro de 2015.
 
O resultado da seleção foi divulgado na última segunda-feira, 27. A seleção, que teve início em abril, foi realizada em sete etapas, entre formulários, provas escritas e orais, além da visita de representantes do programa aos candidatos.
 
Ítalo viaja para Brasília (DF) no dia 7 de janeiro e no dia 9 embarca para os Estados Unidos, onde, durante a primeira semana, participará de reuniões em organizações dos setores público e privado, visitará escolas e projetos sociais e participará de oficinas sobre liderança e empreendedorismo jovem.
 
No final da viagem, os jovens participantes apresentarão um plano de ação na área de voluntariado para ser implementado em suas comunidades após o retorno ao Brasil.

O estudante pretende conhecer novas culturas e mostrar um pouco da cultura brasileira e piauiense aos demais participantes. Para ele o apoio dos professores, em especial da professora de inglês Lina Santana, foi de grande importância. "Quero trazer aprendizado, melhorar como pessoa e trazer melhoria para minha comunidade", afirma Ítalo.
 
Criado em 2002, o Programa Jovens Embaixadores busca beneficiar alunos brasileiros da rede pública de ensino que são exemplos em suas comunidades por meio de sua liderança, atitude positiva, consciência cidadã, excelência acadêmica, e conhecimento da língua inglesa. Os selecionados viajam em janeiro para um programa de três semanas nos Estados Unidos.
 
Fonte: O Dia

Chocolate melhora a memória e combate a demência


chocolate1
Uma deliciosa dica da ciência: comer chocolate diariamente pode melhorar sua memória – e combater a demência na velhice.

Pesquisadores da Universidade Columbia, nos Estados Unidos, convidaram 37 pessoas, entre 50 e 69 anos, para ingerir uma quantidade diária de um dos componentes do cacau, o flavanol, por três meses. Metade recebeu uma concentração grande (900mg de flavanol), já a outra turma ganhou uma dose menor (10 mg). Enquanto tinham os cérebros escaneados, todos os participantes fizeram testes de memória, antes e depois dos 90 dias de dieta.

Após a ingestão diária de altas doses de flavanol, os participantes se saíam bem melhor nos jogos de memória. É que as atividades numa região específica do hipocampo (giro dentado), que tem um papel importante na memória, aumentaram nesse grupo de participantes. Ainda não se sabe as razões, mas o flavanol consegue melhorar as conexões nessa região do cérebro.

E os efeitos não são pequenos. “Se um participante tinha uma memória típica de alguém de 60 anos no começo do estudo, depois dos três meses, aquela pessoa conseguia alcançar a memória de um adulto de 30 ou 40 anos”, explica Scott Small, um dos autores da pesquisa.

O único problema é que uma barra normal de chocolate não tem uma quantidade tão grande assim de flavanol. Mas de pouquinho em pouquinho deve dar algum resultado. 

Fonte: Abril

MP investiga Procurador que engavetou trensalão

De Grandis abrigou Cerra na gaveta por três anos.

O CNMP (Conselho Nacional do Ministério Público) abriu processo disciplinar contra o procurador da República Rodrigo de Grandis por entender que há indícios de que ele descumpriu dever legal de sua função ao deixar parado por quase três anos um pedido de investigação da Suíça relativo ao caso Alstom.


O despacho do CNMP (órgão de controle externo do Ministério Público) aponta que ao final do caso Grandis pode receber a pena de censura, a segunda mais branda na lista de punições para procuradores e promotores.


A abertura do processo administrativo disciplinar contra Grandis foi determinada pelo corregedor do CNMP Alessandro Tramujas Assad na última sexta-feira (24).


A medida encerra a sindicância iniciada em novembro do ano passado após a Folha revelar o engavetamento do pedido da Suíça. Agora Grandis terá a oportunidade de apresentar sua defesa.

Veja também:

Órgão do Ministério Público abre processo contra procurador 


 

Fonte: Conversa Afiada

Campanha de Aécio Neves usou dados enganosos' afirma dono do instituto Veritá

 
Instituto Veritá afirma que o PSDB fez uso indevido de  resultados parciais de uma pesquisa que foi feita para retratar a disputa eleitoral no Brasil como um todo; partido explorou fato de o tucano aparecer em Minas Gerais com 14 pontos de vantagem sobre Dilma Rousseff (PT): 57% ante 43% da petista;

"Eles não podiam usar nesse contexto. Nós avisamos [...] Usou na garganta. Não representa Minas. Não é o real cenário do Estado", diz o estatístico Leonard de Assis.

O PSDB explorou o fato de o tucano aparecer em Minas Gerais com 14 pontos de vantagem sobre Dilma Rousseff (PT): 57% ante 43% da petista.

No cenário nacional, registrado entre os dias 6 e 8 de outubro, ele teria 54,2% dos votos válidos contra 45,2% de Dilma.

A campanha do tucano Aécio Neves usou dados enganosos de pesquisa do Veritá. É o que diz o próprio dono do instituto, que fez o levantamento, Adriano Silvoni.

No entanto, Silvoni teria alertado que a pesquisa não era conclusiva já que, tanto o número de entrevistas quanto os municípios de coleta de dados foram definidos para retratar a disputa eleitoral no Brasil como um todo. "Para Minas, foram 561 questionários. Não é confiável", disse. "Eles não podiam usar nesse contexto. Nós avisamos [...] Usou na garganta. Não representa Minas. Não é o real cenário do Estado", confirma o estatístico responsável pelas pesquisas do Veritá, Leonard de Assis.
 
 
FONTE: Folha

Atirador de chacina escolheu 5 vítimas e prometeu voltar para nova matança

  • Foto: Yala Sen 
  • chacina8.jpg 
  • chacina7.jpg Foto: Yala Sena
  • chacina6.jpg Foto: Yala Sena
  • chacina5.jpg Foto: Yala Sena
  • chacina4.jpg Foto: Yala Sena
  • chacina3.jpg Foto: Yala Sena
  • chacina2.jpg Foto: Yala Sena
  • chacina1.jpg Foto: Yala Sena
  • chacina9.jpg Foto: Yala Sena
Um povoado de 200 habitantes em choque e sem compreender como um filho da terra resolve matar à queima roupa cinco pessoas em um raio de menos de 500 m sem nenhuma discussão ou bate-boca. O clima é de medo e desolação entre os moradores de Palmeira de Cima, no município de São Miguel do Tapuio, a 227 km de Teresina. A chacina provocou pânico e deixou o município de luto. Para os moradores, ele escolheu as vítimas e prometeu voltar para nova matança.
A chacina teve início por volta das 12h30 de ontem quando o acusado Clewilson Vieira Matos, 34 anos, conhecido como Chiar, foi informado da existência de um abaixo assassinado pedindo a sua expulsão.

Primeira vítima: a mulher

Indignado com o boato do abaixo assinado, Clewilson foi até o seu esconderijo e pegou duas armas. Uma ponto 40, de uso exclusivo da polícia e um revólver calibre 38. Ele escondia as armas em um buraco dentro do quarto do casal. Sua mulher, Maria Moreira do Nascimento, 35 anos, agente de saúde, tentou impedir a saída do marido, que segundo testemunha, estava transtornado. Ela o agarrou, e gritava pedindo que ele não saísse. No desentendimento, ele disparou seis tiros, todos no rosto da esposa. O filho de 17 anos, que deixava o irmão na escola, foi o primeiro a se deparar a mãe morta.
“Até ontem era um marido exemplar. Não sei explicar o que aconteceu. Estamos arrasados. É uma dor muito grande”, disse o pai de Maria Moreira, João Bento do Nascimento, 59 anos, que chorava a morte da filha.

Segunda vítima: professor de informática
Em fúria, Clewilson pega uma moto e sai de casa. A cerca de 50 m encontra o professor Roberto Brito Bastos Crisóstomo, 50 anos. Ele seguia para a escola municipal onde iria ministrar aula de informática. Segundo testemunhas, o acusado sacou a arma e disparou dois tiros nas costas do professor e em um golpe final disparou o terceiro na cabeça. O professor morreu na hora e deixa uma mulher grávida de oito meses e um filho de dois anos.

Professor de informática Roberto Bastos e esposa

Terceira vítima: o estudante de 18 anos
Em sua rota da morte, o acusado se encontra com o estudante de 18 anos, Sidney Tavares Silva. Ele estava deixando sua mulher na escola em uma moto. Populares contaram ao Cidadeverde.com que ele puxou Sidney da moto e disparou mais dois tiros. A mulher do estudante desesperada suplicava para que ele não a matasse. O pai do estudante, Antônio Tavares, chocado disse que não entende a motivação do crime. “Eles eram amigos, meu filho chegou a trabalhar para ele. É uma surpresa e estou sem entender o que aconteceu”, disse o pai do estudante.

Quarta vítima: líder comunitário
Após matar no meio da rua o estudante, o acusado, segundo a Polícia, seguiu para a residência do líder comunitário Juvêncio dos Reis da Silva, 65 anos. O presidente da Associação dos Moradores estava sentado na mesa para almoçar com a esposa quando, Clewilson chegou enfurecido. “Ele já chegou atirando. Não falou nada, disparou de três a quatro tiros contra Juvêncio”, contou Zoé da Silva Batista, 45 anos, que há quatro anos tem união estável com o líder comunitário. Zoé disse que tentou socorrer o marido, que levou três tiros e uma facada na barriga.

Líder comunitário Juvênio Reis e sua mulher

Quinta vítima: comerciante
Jogando baralho com três amigos, o comerciante Cláudio Barros de Oliveira foi surpreendido com um disparo na barriga. A bala transfixou e foi parar nas costas. Atordoados, os amigos saíram correndo. Ele teria dito: “Não precisam correr, já fiz o que tinha que fazer”. Cláudio era compadre de Clewilson.
O delegado Laércio Evangelista, que investiga o caso, disse que a ira de Clewilson teria sido uma possível reunião feita pelos moradores para pedir a expulsão dele do povoado. “Eles não estariam mais tolerando o Clewilson no povoado. O acusado responde por crime de tráfico”, disse.
O coordenador de operação do Gtap, Josué Saraiva e Silva, acredita que o acusado teve um surto após consumo de drogas. “Ele só não matou mais gente porque a arma deu problema”, disse.
Estudante Sidney Tavares
A população teme que ele possa voltar e provocar nova chacina. Cerca de 25 homens estão na cidade reforçando a segurança. Populares contaram ao Cidadeverde.com que ele prometeu voltar para concluir o serviço. A polícia faz busca no local, fechou as fronteiras e usa o helicóptero para encontrar o acusado.


Fonte: Cidade Verde

quarta-feira, 29 de outubro de 2014

Lula: 'Houve uma campanha contra o PT como em nenhum momento da história'

Lula: 'Houve uma campanha contra o PT como em nenhum momento da história' 
O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva divulgou nesta quarta-feira (29) em sua página oficial no Facebook um vídeo no qual comenta o resultado da eleição presidencial e afirma que, ao longo dos últimos meses, houve uma campanha contra o PT “como em nenhum momento da história”.

Na gravação de pouco mais de oito minutos de duração, o petista ressalta ainda que tanto os eleitores da presidente Dilma Rousseff (PT) quanto os do presidenciável tucano Aécio Neves deram uma “lição” nos políticos, pois mostraram que sabem o que querem do Brasil. “Se você olhar como petista, você percebe que houve uma campanha de agressão ao PT como em nenhum momento da história, ou seja, uma coisa muito dura contra o PT, a ponto do Aécio ficar dizendo o tempo inteiro que é preciso acabar com o PT, tirar o PT. Ou seja, então, você fica mais nervoso”, disse o ex-presidente.

Nesta quarta-feira, o candidato derrotado do PSDB ao Palácio do Planalto também divulgou vídeo em sua página no Facebook no qual afirmou que o PT usou na campanha “infâmia e mentira” contra a candidatura do tucano.

Ao longo da gravação, o ex-presidente da República destacou a ascensão social de parte da população nos últimos 12 anos e defendeu o programa Bolsa Família, iniciativa criada durante sua gestão no governo federal. Segundo ele, todos os segmentos da população “subiram degraus” na última década. “Está todo mundo vivendo um padrão decente e digno nesse país”, enfatizou.

“Eu acho que há um equívoco das pessoas que se opõem às políticas sociais. As pessoas deveriam agradecer a Deus por essas políticas sociais porque elas elevaram a vida das pessoas, elevaram o consumo de alimento, diminuíram a mortalidade infantil e fizeram as pessoas virar cidadãs. Eu acho que mais generosidade e menos preconceito vão fazer muito bem para esse país”, completou.

Lula disse no vídeo que a população deu “lição de democracia” e que o comportamento dos eleitores no dia da votação mostra a consolidação definitiva da democracia como um valor inestimável para o país. Ofensas nas redes sociais O petista também ironizou as mensagem ofensivas publicadas nas redes sociais após a confirmação da reeleição da presidente Dilma Rousseff. Lula afirmou ter ficado imaginando como sofrem as pessoas que têm “tanto ódio”. Para ele, o importante é as pessoas compartilharem a felicidade, e não o ódio. “Eu acho que o povo brasileiro, com todas as divergências, com todos seus votos diferenciados, aqueles que votaram nulo, aqueles que votaram em branco, aqueles que se abstiveram, os que votaram em Dilma, que votaram em Aécio, deram uma lição de política nos políticos, ou seja, o povo sabe o que quer”, afirmou.
ACOMPANHE O VÍDEO: 

Fonte: G1

Morre menino que inspirou cidade a comemorar o Natal mais cedo

Ethan com os pais: ele motivou a cidade a comemorar o Natal, Halloween e o aniversário dele antecipadamente 

O menino Ethan Van Leuven, de 4 anos, morreu na última terça-feira, três dias depois de participar de festas de fim de ano. O pequeno motivou uma cidade em Utah, nos Estados Unidos, a antecipar as festas de fim de ano, como o Halloween e o Natal, além do aniversário dele.

Pelo facebook, a mãe de Ethan, Jennifer Leuven, agradeceu ao apoio de todos. "Nosso doce Ethan faleceu esta manhã às 10:20. Estamos muito gratos", escreveu.

"Estamos imaginando Ethan feliz e em paz. Estamos muito gratos pela bênção de ser uma família feliz, e estamos ansiosos pelo dia em que poderemos estar com ele novamente. Até lá descanse em paz doce Ethan", contou.

O pai do menino, Merril Leuven, também agradeceu a todos que ajudaram durante os últimos dias. "Ethan está em paz agora. Vai voltar a viver com o pai celestial para a eternidade", postou em sua página no Facebook.

O funeral do menino será na sexta-feira, dia 31. No próximo dia 8, a cidade terá um evento de dança para arrecadar fundos para a família de Ethan, que teve muitos gastos médicos. Um site também está recebendo doações e, até agora, foram recebidos mais de 27 mil dólares.

Semana passada, a família de Ethan e amigos da cidade de West Jordan ajudaram ele a desfrutar as festas mais cedo depois de saber que ele tinha apenas alguns dias de vida, após lutar contra a leucemia linfoblástica aguda.

Ethan lutou contra a leucemia
Ethan lutou contra a leucemia Foto: Reprodução do Facebook
Segundo o Today Show, da rede de TV americana ABC, a cidade começou com a celebração do Dia das Bruxas em 21 de outubro com Ethan vestido de Superman. Dois dias depois, houve um desfile em homenagem ao seu quinto aniversário, um mês antes do dia real. Já em 25 de outubro, a família comemorou o Natal, o feriado favorito dele.
Fonte: Extra

8 coisas que você precisa saber sobre a água


Se você mora em São Paulo, já deve ter percebido que o momento que a população tanto temia está chegando. Para algumas pessoas, aliás, já chegou. Pelo menos 40 cidades no estado enfrentam racionamento de água, apesar de o governador Geraldo Alckmim já ter descartado essa possibilidade. O problema, claro, não é só dos paulistas. A seca e o calor incomum para esta época do ano atingem vários estados, como Minas Gerais, Mato Grosso, Goiás e o Distrito Federal. Passou da hora de entendermos melhor como usar a água. Afinal, ela não vai durar para sempre. Confira 8 curiosidades sobre este recurso natural:

1. O volume morto pode até matar
agua-seca

O Sistema Cantareira é o conjunto de represas responsável pelo abastecimento de 8,1 milhões de pessoas da Grande SP. Nos fundos dos reservatórios, abaixo da comportas que recolhem a água, há uma reserva de 400 bilhões de litros conhecida como “volume morto”. Essa água nunca tinha sido utilizada para o abastecimento da cidade. Mas este ano as coisas mudaram: por conta da seca vivida pelo Estado, o reservatório atingiu 8,4% de sua capacidade, uma baixa histórica. Isso fez com que a Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo (Sabesp) tivesse que acessar essa reserva. Foram instaladas bombas para retirar essa água da represa e agora a cidade terá o abastecimento garantido até novembro – pelo menos, é o que diz o governo. O problema com a solução encontrada pela Sabesp, contudo, é a qualidade da água do volume morto. Segundo promotores do Grupo de Atuação Especial para o Meio Ambiente (Gaema) do Ministério Público de São Paulo, o risco dessa água para a saúde pública é alto, já que ela pode estar contaminada por metais pesados, como chumbo e cádmio. A contaminação pode causar problemas renais e de tireoide, além de diarreias e doenças degenerativas, como Parkinson e Alzheimer. Além disso, o tal volume morto não é tão morto assim. No fundo dos reservatórios há seres vivos que ajudam a manter a qualidade da água. “Estamos correndo o risco de literalmente matar todos os habitantes do aquário”, diz o biólogo Fernando Reinach num artigo publicado no jornal O Estado de S. Paulo.

2. Filtro de barro é bem eficiente para purificar água
agua-filtro

As pesquisas compiladas no livro “The Drinking Water Book” (“O Livro da Água Potável”, em livre tradução), de Colin Ingram, apontam que o filtro de barro – aquele que sua avó provavelmente usa ou já usou – é o mais eficiente do mundo. Ele é bom na retenção de cloro, pesticidas, ferro e alumínio, além de também não deixar passar 95% de chumbo e 99% de Criptosporidiose, parasita que causa diarreias e dor de barriga. O trunfo do filtro de barro é o sistema de filtragem por gravidade: a água passa devagar pela vela e pinga em um reservatório. Isso garante que os microorganismos e os sedimentos filtrados não se misturem com a água limpa. Mas lembre-se: nenhum filtro vai limpar a água completamente se ela estiver contaminada.

3. Água mineral que vem em embalagem de vidro é melhor
agua-mineral

As garrafas plásticas contêm uma substância chamada xenoestrógeno. Essa substância, presente nos derivados de petróleo, tem o mesmo formato do estrógeno e, por isso, se encaixa nos receptores desse hormônio em nosso corpo. O excesso do xenoestrógeno pode engordar e até causar celulite, segundo o médico Lair Ribeiro. “Se a pessoa só toma água engarrafada em garrafas de plástico, pode estar consumindo o equivalente a cinco pílulas anticoncepcionais por dia”, alerta. Já as garrafas de vidro não apresentam esse mesmo problema e conservam a água pura.

4. Água pode ser remédio
bebendo-agua

É muito raro conferirmos o rótulo da garrafinha de água mineral antes de pegar qualquer uma no supermercado. Mas cada água é diferente e tem propriedades diferentes, de acordo com os minerais presentes em sua nascente. Segundo o site da Associação Brasileira da Indústria das Águas Minerais (Abinam), os sais minerais presentes nas águas minerais podem contribuir com a saúde do organismo. Água com flúor é boa para a prevenção de cáries; com sódio, beneficia músculos e nervos. O magnésio previne hipertensão, enquanto o cromo regula as taxas de açúcar no sangue. Cobre absorve o ferro na forma de hemoglobina, o manganês auxilia o sistema reprodutivo. O zinco, o imunológico, e o cálcio previne a osteoporose. Já os bicarbonatos e o sulfato fazem bem para o estômago e para a digestão.

5. E também pode ser veneno
agua-afira

De acordo com dados da Organização Mundial de Saúde (OMS), mais de 80% dos casos de doenças em todo o mundo vêm do consumo de água contaminada. A água pode trazer mais de 25 tipos diferentes de doenças, como cólera, diarreias agudas e esquistossomose. Entre as crianças, a água mata mais do que qualquer forma de violência, inclusive as guerras. Daí a importância do acesso a uma água de boa qualidade, livre de contaminações.

6. Água pode te deixar velho mais rápido
Tomar água com pH (potencial de hidrogênio) menor que 7,4 pode acelerar o processo de envelhecimento. Quem defende essa ideia é o cardiologista e nutrólogo brasileiro Lair Ribeiro. Ele explica que o pH do nosso sangue é aproximadamente 7,4. Quando você consome alguma coisa de pH diferente disso, o corpo tem que trabalhar para equilibrar esse líquido. “Para alcalinizar o sangue, o corpo tem que acidificar algum lugar – o coração, o cérebro ou algum outro tecido”, ele diz. E explica: “Os bebês são básicos. Conforme vamos envelhecendo, nos tornamos mais ácidos”. A conclusão é que, tomando uma água de pH menor que o do sangue, você acelera seu processo de envelhecimento. Para quem já esqueceu a aula de química, vale lembrar: pH igual a 7 é neutro. Abaixo disso (1, 2, 3, 5 etc) é considerado ácido. Já pH acima de 7 (7,5, 8, 9 etc) é básico ou alcalino. No Brasil, somente algumas águas engarrafadas têm pH superior a 7,5, e a água da torneira gira em torno desse número. Então, não custa conferir o rótulo antes de comprar, né?

7. A água que você toma é a mesma que os dinossauros bebiam
A quantidade de água no mundo permanece praticamente a mesma há muitos milhares de anos. O motivo para isso é aquela velha (e põe velha nisso!) história do ciclo da água: a água evapora de lagos, rios, mares e também na transpiração de seres vivos. Esse vapor forma as nuvens que, quando ficam sobrecarregadas, descarregam em forma de chuvas. A água, então, volta para a superfície terrestre e vai abastecer novamente mares, rios, lagos e também lençóis subterrâneos. Em Minas Gerais, há aquíferos (bolsões de água subterrâneos) que já existiam nos tempos dos dinossauros.

8. O Brasil gasta muito mais água do que deveria
gastamos-agua

Para calcular o total de água potável gasta por um país, leva-se em conta todos os recursos hídricos usados na sua produção de bens e serviços. Além de tudo o que você compra, veste ou come, a conta inclui a água gasta em produtos que são exportados. Quando a gente pega essa enorme quantidade e divide pelo número de habitantes do país, o resultado é surpreendente. Segundo a organização Water Footprint, o gasto médio de água de um brasileiro (a partir do cálculo da pegada hídrica nacional) é de 2027 m³ de água por ano. São mais de 2 milhões de litros. Isso é 46,3% mais do que a média mundial, que é de 1385 m³ per capita por ano. De toda essa água gasta no Brasil, a organização estima que 9,2% vá para fora do país na forma de água virtual.


 Fonte: Abril

PT atribui força da campanha de Dilma Rousseff às redes sociais

Dilma S2  (Foto: Ichiro Guerra/Divulgação) 
 A direção nacional do PT e a coordenação da candidatura da presidente Dilma Rousseff creditam à força das redes sociais o poder de fogo da campanha e a evolução das intenções de votos nas pesquisas do segundo turno. 

Logo depois do resultado final este blogueiro já tinha afirmado isso e um pouco mais. E foi na reta final que o efeito das redes se tornou mais forte e com uma boa dose de agressividade. Coisa que Dilma nunca procurava ser para seu opositor que em muitas vezes ele se comportava como um verdadeiro algoz.

Foram inumeros grupos criados que se espalhavam rapidamente entre se. E com  seus sguidores palavras de  ordem com fotos, videos e tudo que era importantepara exaltar as conquistas do governo Dilma e expor ao maximo as fraquesas de Aécio. 

Como foi visto o resultado foi apertado em termos, mas positivo em ser valor histórico e também numérico. Afinal 3 milhões e mais alguma coisa é um bocado de gente que avermelhou o Brasil e tornou Dilma a primeira mulher presidente por duas vezes. 

Com informações do Uol
Gabriel Hammer

Governo pede empréstimo para obras de mobilidade do PAC no Piauí

Governo pede empréstimo para obras de mobilidade do PAC no Piauí 
A Assembleia Legislativa, através da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ), está analisando um Projeto de Lei encaminhado pelo governador Zé Filho com um pedido para contratar financiamento junto à Caixa Econômica Federal no valor de R$ 232.772.193.78. Os recursos serão destinados para investimentos no projeto de revitalização, modernização e melhoria do transporte ferroviário de Teresina. A garantia são parcelas de cotas do Fundo de Participação do Estado (FPE).

Conforme o projeto o Governo do Piauí deverá entrar com a contrapartida no valor de R$ 6.478,285,31, e o projeto completo deverá totalizar R$ 454.750.479,09. Na justificativa o governador Zé Filho informa que os recursos serão destinados as obras de duplicação da via existente do sistema de transporte ferroviário urbano de Teresina, mais precisamente, no trecho que compreende a Estação Engenheiro Alberto Silva e a Estação do Terminal do bairro Itararé.

A obra deverá permitir melhor desempenho operacional do sistema de transporte coletivo, além de possibilitar, futuramente, a mobilidade urbana e mais conforto aos usuários. Também deverá agregar, no Plano Diretor da Cidade de Teresina, a adequação da linha Sudeste, numa primeira intervenção, e preparar as futuras implantações das linhas Sul; Leste e Norte com o plano já existente.

Haverá a revitalização da ponte ferroviária sobre o rio Poty; a duplicação da via existente entre as estações Matinha e Itararé, além do fechamento da faixa metroviária, a aquisição de novos trens com tração a diesel. O financiamento permitirá a aquisição e fixação de novos trilhos, a reparação da rede de drenagem, a modernização do sistema elétrico, a implantação de sinalização, controle de telecomunicação e a reforma e modernização das estações, inclusive, para beneficiar as pessoas com deficiência física ou mobilidade reduzida.

Fonte: Meio Norte

Casamento de Richtofen vira meme nas redes sociais

su_meme8.jpg 

su_meme4.jpg
  •    
  • Foto: Reprodução
  • su_meme9.jpg 
  • su_meme7.jpg ão
  • su_meme5.jpg Foto: Reprodução
  • su_meme4.jpg Foto: Reprodução
  • su_meme3.jpg Foto: Reprodução
  • su_meme2.jpg Foto: Reprodução
  • su_meme1.jpg Foto: Reprodução
  • su_meme.jpg Foto: Reprodução
  • su_meme9.jpg Foto: Reprodução

A notícia de que Suzane von Richthofen se casou dentro da prisão com a ex de Elize Matsunaga provocou muita repercussão nas redes sociais. Duas das criminosas mais famosas do Brasil envolvidas em um triângulo amoroso surpreendeu quem conhecia Suzane apenas por frequentar a ala das evangélicas no presídio de Tremembé, no interior de São Paulo.

O acontecimento fez com que internautas comparassem a ex-estudante, acusada de participar da morte dos pais em 2002, com a personagem Piper Chapman, do seriado Orange is The New Black. Na trama, a menina loira enfrenta a sua primeira condenação e acaba encontrando dentro da prisão sua ex-namorada e é obrigada a lidar com a antiga paixão, mesmo tendo um noivo que a espera do lado de fora.

su_meme3.jpg
 su_meme2.jpg 

Fonte: Terra

segunda-feira, 27 de outubro de 2014

Em rede social, Coronel Telhada pede divisão do país após reeleição de Dilma

Deputado eleito por São Paulo critica no Facebook eleitores que votaram na petista. “Por que devemos nos submeter a esse governo escolhido pelo Norte e Nordeste?"

<p> Telhada: homenagem à Rota marcada para maio</p> 

O deputado estadual eleito por São Paulo Coronel Telhada usou seu perfil no Facebook para pregar a divisão do Brasil após Dilma Rousseff (PT) se reeleger presidente, derrotando o adversário Aécio Neves (PSDB).

Em seu perfil na rede social, Telhada, também do PSDB, questionou o voto dos eleitores do Norte e do Nordeste do país, que preferiram a petista.

“Já que o Brasil fez sua escolha pelo PT, entendo que o Sul e o Sudeste (exceto Minas Gerais e Rio de Janeiro, que optaram pelo PT) iniciem o processo de independência de um país que prefere esmola do que trabalho, que preferem a desordem ao invés da ordem, que preferem o voto de cabresto do que a liberdade”, postou na noite de domingo. “Por que devemos nos submeter a esse governo escolhido pelo Norte e Nordeste? Eles que paguem o preço sozinhos”, continuou.
Até o momento, o comentário de Telhada teve perto de 9 500 compartilhamentos e 18 000 curtidas. Entre os mais de 4 000 comentários, quase a totalidade é de apoia às palavras de Telhada. “Pela separação já. São Paulo livre”, postou um usuário. Outro internauta escreveu: “Apoiado. Se for preciso eu morro por essa causa. SC é o estado que menos votou no PT e terá apoio incondicional aqui.”

Houve também em quem apontasse intolerância nos comentários de Telhada e de seus simpatizantes. “Vocês são digno de pena, são racistas, preconceito com o povo”, disse um usuário da rede social. 

Esse é o tipo de gente que envergonha o Brasil. E os paulistas deveriam tomar providencia imediata junto com o Ministério Publico. Acho inclusive que este deveria ser processado e cassado antes mesmo de assumir seu mandato. São Paulo tem gente boa e honesta e sabem que os nordestinos são pessoas importantes em todos setores da economia paulista. Fica aqui a minha indignação a esta atitude criminosa e preconceituosa.


Com informação do VejaSP

Presidente nacional do PT quer Lula candidato em 2018

 
Com uma voz bastante fraca, o presidente nacional do PT, Rui Falcão, concedeu uma entrevista coletiva na sede do partido, no Centro da capital paulista, nesta segunda-feira (27). Na ocasião, o político falou sobre a vitória do partido na disputa presidencial, com a reeleição de Dilma Rousseff e sobre os próximos passos que o PT deve dar neste novo mandato. "O PT deve continuar mudando", afirmou.

Sobre a possível candidatura de Lula para assumir o cargo de presidente em 2018, Rui reiterou seu apoio. "Eu, pessoalmente e há meses, tenho defendido essa alternativa. Mas tudo depende de ele aceitar também. Ele diz que não quer, mas sempre atendeu aos apelos da população", torceu o político.
Segundo o presidente, o País não está dividido. "É natural que, depois de 12 anos de poder, haja aqui ou ali uma resistência ao partido", afirmou. "Se é verdade que tivemos a maior quantidade de votos no Norte e no Nordeste. Também é verdade que ganhamos em Minas Gerais e no Rio de Janeiro. Não acredito nessa divisão. Os dois candidatos foram votados no Brasil inteiro, mas a nossa foi a mais votada", ressaltou.

Rui Falcão disse que o segundo mandato de Lula foi melhor que o primeiro e Dilma, seguindo o exemplo de seu antecessor, deve fazer um mandato melhor a partir de 2015. Uma forma de melhorar o governo petista, segundo o presidente, seria ampliando o diálogo com a sociedade. Porém, quando perguntado se o PSB - partido que levou Marina Silva à candidatura à Presidência da República - poderia ser uma ponte de diálogo entre o PSDB e o PT, devido a uma evidente polarização entre os partidos, o presidente petista disse que não acredita nesse elo. "Não vejo necessidade de pacificar o País dessa forma", disse, ressaltando que haverá um maior diálogo entre os partidos, mesmo sem uma ponte.

"Quero expressar publicamente a minha admiração por partidos como o Psol e o PSTU, que entenderam o que estava em jogo no segundo turno e escolheram avançar mais, ao invés de retroceder a um passado já distante", afirmou o presidente do PT.

Ao ser lembrado de todos os momentos da campanha presidencial deste ano - desde a grande vantagem inicial de Dilma, até a apuração acirrada, passando pela morte de Eduardo Campos, até então, candidato à Presidência pelo PSB - Rui Falcão classificou as eleições como "dramáticas". "Em 1989, o PT fez uma campanha épica. Neste ano, foi dramática. Mas foi um drama com um final feliz".

Rui Falcão estava acompanhado de Edinho Silva, tesoureiro da campanha deste ano de Dilma. O presidente do PT afirmou que, apesar de não haver nenhum convite formal, ele acredita que Edinho possa assumir bem qualquer responsabilidade delegada pela presidente reeleita. "Acredito que Edinho representaria muito bem em qualquer posto". Edinho, por sua vez, se contentou em dizer que sua prioridade é concluir a tarefa de tesoureiro. "Minha maior preocupação é concluir a tarefa de tesoureiro da campanha. No dia 4 de dezembro, devo fazer a prestação de contas de Dilma e essa é a prioridade".

Sobre os processos que o PT abriu contra a revista Veja, devido à reportagem de capa da publicação desta semana, Rui afirmou que "todos os processos serão mantidos". "As denúncias não merecem crédito, assim como o mal jornalismo que publicou tais denúncias também não o merecem. É necessário que o delator prove o que falou antes de acusar Lula e Dilma", afirmou.

O presidente do PT disse ainda que o valor do real - que sofreu alteração com a reeleição de Dilma - será rapidamente reestabilizado. Além disso, assumiu que não sabe quem será nomeado o novo Ministro da Fazenda. "Não sei se Dilma vai fazer algum tipo de sinalização antes de completar esse mandato", disse. Rui disse ainda não pretende assumir nenhum cargo além da presidência do partido.

Fonte: Terra

Reeleita, Dilma foi de guerrilheira a presidente; relembre a trajetória da petista

Reeleita, Dilma foi de guerrilheira a presidente; relembre a trajetória da petista 

Dilma Vana Rousseff nasceu em 14 de dezembro de 1947, na cidade de Belo Horizonte (MG). É filha do imigrante búlgaro Pedro Rousseff e da professora Dilma Jane da Silva, nascida em Resende (RJ). O casal teve três filhos: Igor, Dilma e Zana. A filha do meio iniciou os estudos no tradicional Colégio Nossa Senhora de Sion, e cursou o ensino médio no Colégio Estadual Central, então centro da efervescência estudantil da capital mineira. Aos 16 anos, Dilma dá início à vida política, integrando organizações de combate ao regime militar.


Em 1969, conhece o advogado gaúcho Carlos Franklin Paixão de Araújo. Juntos, sofrem com a perseguição da Justiça Militar. Condenada por “subversão”, Dilma passa quase três anos, de 1970 a 1972, no presídio Tiradentes, na capital paulista. Livre da prisão, muda-se para Porto Alegre em 1973. Retoma os estudos na Universidade Federal do Rio Grande do Sul após fazer novo vestibular. Em 1975, Dilma começa a trabalhar como estagiária na Fundação de Economia e Estatística (FEE), órgão do governo gaúcho. No ano seguinte, dá à luz a filha do casal, Paula Rousseff Araújo.



Dedica-se, em 1979, à campanha pela Anistia, durante o processo de abertura política comandada pelos militares, ainda no poder. Com o marido Carlos Araújo, ajuda a fundar o Partido Democrático Trabalhista (PDT) no Rio Grande do Sul. Trabalhou na assessoria da bancada estadual do partido entre 1980 e 1985. Em 1986, o então prefeito da capital gaúcha, Alceu Collares, escolhe Dilma para ocupar o cargo de Secretária da Fazenda. Com a volta da democracia ao Brasil, Dilma, então diretora-geral da Câmara Municipal de Porto Alegre, participa da campanha de Leonel Brizola ao Palácio do Planalto em 1989, ano da primeira eleição presidencial direta após a ditadura militar. No segundo turno, Dilma vai às ruas defender o então candidato Luiz Inácio Lula da Silva, do Partido dos Trabalhadores (PT).



No início da década de 1990, retorna à Fundação de Economia e Estatística do Rio Grande do Sul, agora como presidente da instituição. Em 1993, com a eleição de Alceu Collares para o governo do Rio Grande do Sul, torna-se Secretária de Energia, Minas e Comunicação do Rio Grande do Sul. Em 1998, inicia o curso de doutorado em Economia na Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), mas, já envolvida na campanha sucessória do governo gaúcho, não chega a defender tese. A aliança entre PDT e PT elege Olívio Dutra governador e Dilma ocupa, mais uma vez, a Secretaria de Energia, Minas e Comunicação do Rio Grande do Sul. Dois anos depois, filia-se ao PT.



O trabalho realizado no governo gaúcho chamou a atenção de Luiz Inácio Lula da Silva, já que o Rio Grande do Sul foi uma das poucas unidades da federação que não sofreram com o racionamento de energia em 2001. Em 2002, Dilma é convidada a participar da equipe de transição entre os governos de Fernando Henrique Cardoso (1995-2002) e Lula (2003-2010). Depois, com a posse de Lula, torna-se ministra de Minas e Energia. Entre 2003 e 2005, comanda profunda reformulação no setor com a criação do chamado marco regulatório (leis, regulamentos e normas técnicas) para as práticas em Minas e Energia. Além disso, preside o Conselho de Administração da Petrobrás, introduz o biodiesel na matriz energética brasileira e cria o programa Luz para Todos.



Lula escolhe Dilma para ocupar a chefia da Casa Civil e coordenar o trabalho de todo ministério em 2005. A ministra assume a direção de programas estratégicos como o Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) e o programa de habitação popular Minha Casa, Minha Vida. Coordenou ainda a Comissão Interministerial encarregada de definir as regras para a exploração das recém-descobertas reservas de petróleo na camada pré-sal e integrou a Junta Orçamentária do Governo, que se reúne mensalmente para avaliar a liberação de recursos para obras.



Em março de 2010, Dilma e Lula lançam a segunda fase do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC 2), que amplia as metas da primeira versão do programa. No dia 03 de abril do mesmo ano, Dilma deixa o Governo Federal para se candidatar à Presidência. Em 13 de junho, o PT oficializa a candidatura da ex-ministra.



No dia 03 de abril do mesmo ano, Dilma deixa o Governo Federal para se candidatar à Presidência. Em 13 de junho, o PT oficializa a candidatura da ex-ministra.



No segundo turno das eleições, realizado em 31 de outubro de 2010, aos 63 anos de idade, Dilma Rousseff é eleita presidente contra José Serra (PSDB), com quase 56 milhões de votos.



Em 1º de janeiro de 2011, Dilma toma posse como presidente e se torna a primeira mulher a ocupar o mais alto cargo executivo no Brasil.



Em 2014, durante disputa contra Aécio Neves (PSDB) no segundo turno, Dilma consegue 51,64% dos votos válidos e consegue a reeleição. Dilma falou em união e reformas em seu primeiro discurso após o resultado das urnas. Em Brasília, ela negou que o país esteja dividido e pediu paz entre todos.

Fonte: MSN

Ocorreu um erro neste gadget

Arquivo do blog

Amazon MP3 Clips