sexta-feira, 7 de agosto de 2015

Golpistas anunciam mudança de tática e agora pedem novas eleições

Golpistas dão nova orientação à direita. 
Golpistas dão nova orientação à direita.

Dirigentes do PSDB e do DEM disseram hoje que só com novas eleições poderá ser alcançada a unidade nacional defendida pelo vice-presidente da República, Michel Temer. Eles fizeram um apelo para que os manifestantes da direita lutem por essa bandeira, no lugar de pregar o impeachment.

“Houve uma convocação, um chamamento do vice-presidente da República e nós estamos aqui para concordar com ele, parcialmente, no sentido de que só será possível encontrar alguém que unifique o país por meio de novas eleições”, disse o líder tucano no Senado, Cássio Cunha Lima.

Outro golpista, o líder do “Democratas”, senador Ronaldo Caiado, disse que somente novas eleições poderiam dar legitimidade a um novo governante na condução do país. “É determinante agora convocar novas eleições. Estamos em uma democracia e esse “alguém”, ao qual ele [Temer] se referiu, não pode sair de conchavos de cúpulas político-partidárias ungido como salvador da pátria", disse.

Alguém poderia lembrar aos tartufos, defensores de “novas eleições”, que eleição não é como pizza, que você pede a hora que tem vontade. Eleições acontecem de acordo com o tempo definido na Constituição e ocorreram recentemente, há pouco mais de seis meses, com a vitória de Dilma Rousseff, que obteve mais de 54 milhões de votos.
 


 Da Redação, com agências

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Arquivo do blog