sábado, 8 de agosto de 2015

Lula e seu filho processam jornalistas da 'Veja' e membros do PSDB por calúnia

Ex-presidente acusa jornalistas de calúnia

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e seu filho, Fábio Luís Lula da Silva, abriram três queixas-crime contra autores de calúnias contra eles. Os alvos das medidas são o deputado federal Domingos Sávio (PSDB-MG), o prefeito de São Carlos Paulo Altomani (PSDB) e os repórteres da revista Veja, Robson Bonin e Adriano Ceolin, responsáveis pela reportagem de capa da edição de 25 de julho.
 
Segundo o Instituto Lula, a matéria dizia que uma delação premiada estaria próxima de envolver o ex-presidente na Operação Lava Jato. O empreiteiro Leo Pinheiro, que seria o autor da delação, negou as informações no mesmo dia da publicação. 
 
"O texto não expôs nenhuma evidência concreta para sustentar as afirmações difamatórias que publicou e divulgou com grande estardalhaço por meio de publicidade física e nas redes sociais", destacou o Instituto Lula.
 
Já em relação ao deputado do PSDB, a ação vai contra às afirmações feitas por ele em entrevista ao programa "Bom dia Divinópolis", em fevereiro deste ano. Sávio disse que o filho de Lula enriqueceu de maneira ilícita e é proprietário de fazendas. 
 
"A decisão de mover ação penal contra Sávio foi tomada depois que o parlamentar teve oportunidade de se retratar perante o STF, mas preferiu insistir em divulgar mentiras contra o filho de Lula", explicou o Instituto.
 
Fábio Luís Lula da Silva também moveu uma queixa-crime contra o prefeito de São Carlos Altomani por publicações "falsas" na página dele no Facebook. O político disse que “não é justo o Tesouro Nacional tirar dinheiro de nossa cidade para repassar ao BNDES para financiar por exemplo a empresa Frioboi, que pertence ao Lulinha, e que paga cachês milionários para o ator Tony Ramos para vender em rede nacional sua carne financiada com recursos de saúde educação limpeza publica etc.”
 
Também na última quinta-feira (6/8), o ex-jogador e senador Romário (PSB-RJ), que foi alvo de uma denúncia falsa em reportagem da Veja, prometeu processar a revista em 75 milhões de reais por danos morais. 



Fonte: Portal Imprensa

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Arquivo do blog