quarta-feira, 23 de novembro de 2016

Odebrecht assina delação: R$ 23 bilhões de Serra estão inclusos?

 


Segundo a Globo, 78 executivos da empreiteira também assinaram acordos de delação. com isso, os executivos devem prestar depoimentos que serão gravados para confirmar as informações e os documentos que foram repassados nos termos de confidencialidade – espécie de pré-delação que antecede a assinatura do acordo de delação premiada.

 

Como a Lava Jato tem o costume de vazar com exclusividade documentos para a grande mídia, em breve teremos mais detalhes de tais depoimentos. Mas segundo a Rede Globo, "por envolverem dezenas de executivos, os depoimentos devem levar mais de um mês, uma vez que cada um deve ser ouvido individualmente".

 

A grande mídia cria uma grande expectativa sobre o que virá da delação da Odebrecht por conta de uma lista com mais de 200 nomes de políticos de diversos partidos.

Dentre os nomes citados estão o do tucano José Serra, seandor pelo PSDB de São Paulo e atual ministro das Relações Exteriores de Temer.

De acordo com a Folha, em matéria publicada em outubro, a Odebrecht informou nessa pré-delação que pagou R$ 23 milhões ao candidato tucano à Presidência da República, em 2010, numa conta secreta na Suíça, pelo caixa dois, numa operação feita pelo ex-tesoureiro Márcio Fortes e por Ronaldo Cezar Coelho, um banqueiro e político do PSDB tucano.

 

Ainda segundo a publicação, os executivos informam ainda que possuem o recibo dos depósitos de um valor que, corrigido pela inflação, hoje seria de R$ 34,5 milhões.

 

Especulações também dão conta de que a delação pode atingir Michel Temer e vários de seus ministros como Eliseu Padilha (Casa Civil), Geddel Vieira Lima (Secretaria de Governo).

 

Com o acordo, Marcelo Odebrecht, que está preso desde julho de 2015 e já foi condenado por Moro, não terá mais quatro anos de regime fechado de prisão. Segundo estimativas, ele deve ficar detido até dezembro de 2017, cumprindo outros dois anos em regime domiciliar. Somando, a pena em regime fechado não chegará a dois anos e meio de prisão.




Fonte: Vermelho/Agências

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Arquivo do blog