segunda-feira, 12 de dezembro de 2016

Folha manobra em manchete para esconder gráfico em que Lula lidera

 


Apesar da campanha diária de difamação, factoides e mentiras contra o ex-presidente Lula, ele lidera a pesquisa de intenção de voto. A pesquisa divulgada nesta segunda-feira (12) indica que Lula lidera todos os cenários de 1º turno. Num cenário com Marina Silva e Aécio Neves (PSDB), Lula tem 25% das intenções de voto, contra 15% da ex-senadora e 11% do tucano. Jair Bolsonaro (PSC) aparece com 9%, Ciro Gomes (PDT) tem 5%, Michel Temer (PMDB) atinge 4%, e Ronaldo Caiado (DEM) e Luciana Genro (PSol) possuem 2% cada um. Eduardo Jorge (PV) conta com 1% das menções. Brancos e nulos são 20%, e os indecisos, 6%.

 

Na segunda hipótese, com a presença de Aécio Neves (PSDB) e Geraldo Alckmin (PSDB), Lula aumenta a vantagem ficando com 26% das intenções de voto, seguido por Marina Silva (17%) e os dois tucanos com 8% cada um. Ciro teria 6% nesse cenário, seguido por Temer (4%), Luciana Genro (2%), Ronaldo Caiado (2%) e Eduardo Jorge (1%). Brancos e nulos somam 20%, e os indecisos totalizam 6%.

 

O terceiro cenário tem Lula mantém a dianteira com 25% da preferência e Marina, 16%. O tucano José Serra, atual ministro de Temer, aparece com 9% do total, mesmo percentual de Jair Bolsonaro. Ciro Gomes (PDT) soma 6%, Temer tem 4% e Luciana Genro e Ronaldo Caiado conquistaram 2% cada um. Eduardo Jorge também possui 1%. Brancos e nulos são 20% e os indecisos totalizam 6%.

 

O Datafolha então apelou para um cenário improvável para ver se nesta situação Lula saia por baixo. Colocou quatro tucanos – José Serra, Aécio Neves e Geraldo Alckmin –, além do juiz Sergio Moro, responsável pela Lava Jato e oficialmente sem partido, a celebridade Roberto Justus (sem partido), e a presidenta do STF (Supremo Tribunal Federal), Cármen Lúcia.

 

Com 24%, Lula manteve a preferência, seguido por Marina Silva e Sérgio Moro, com 11% cada. Aécio Neves soma 7%, Bolsonaro chega a 6%, Alckmin totaliza 5% e Ciro e Serra possuem 4% cada. Temer, Luciana Genro e Justus ganharam 2% da preferência cada um. Caiado, Eduardo Jorge e a ministra Cármen Lúcia somam 1% cada. Brancos e nulos somam 13% e 5% não souberam responder.




Fonte: Vermelho/Agências

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Arquivo do blog