quinta-feira, 22 de dezembro de 2016

FUP sinaliza paralisação no dia 23 contra proposta da Petrobras

 


Foram recebidos os resultados parciais de diversos sindicatos. No estado do Amazonas, as assembleias foram realizadas na sexta-feira (16), divididas em três turnos: 53 trabalhadores rejeitaram a proposta da Petrobrás e aprovaram as paralisações, enquanto apenas 7 se opuseram, e 9 se abstiveram. No Paraná, até agora, o parecer da Petrobras foi recusado por 249 trabalhadores, com abstenção de 13, e 8 votos contrários. O ponto 2, sobre as paralisações, foi aprovado por 221, com 20 votos contra e 22 abstenções.

 
Na Bahia, até o momento, foram aprovadas as deliberações dos dois indicativos da FUP: a rejeição da quarta proposta da gestão do Sistema Petrobras: com 228 votos a favor, 14 contra e 06 abstenções. Sobre a paralisação a partir do dia 23/12, a votação foi de 167 a favor, 61 contra e 19 abstenções.

 
O resultado parcial de Duque de Caxias apresenta a rejeição do documento da Petrobras por 584 votos, contra 79 e 37 abstenções; e as paralisações aprovadas por 454, contra 171 rejeições e 72 abstenções. No Espírito Santo, o resultado oficial sai nesta quinta-feira, 22/12. Por enquanto, o Sindipetro-ES rejeita o ACT por 349 contra 186, e 31 abstenções. Já as paralisações foram reprovadas pela maioria: 216 votos contrários, 217 abstenções e 133 votos a favor. No Rio Grande do Sul, as assembleias iniciaram nesta terça-feira, 21/12, e o resultado parcial é de 71,5% dos trabalhadores rejeitando a proposta da Petrobras, 26,1% a favor e 2,4% de abstenção. Sobre a paralisação, 46,9% são contrários, enquanto 44,9% aprovam e 8,2% se abstêm.

 
No Norte Fluminense, 90% das plataformas aprovaram o indicativo de rejeição da proposta e 77% aprovaram o indicativo de paralisação a partir do dia 23. No Sindipetro PE/PB, o resultado parcial das assembleias rejeita a proposta apresentada pela Petrobrás e Subsidiárias com 175 votos, enquanto 31 trabalhadores aprovam o parecer e 23 se abstiveram. Sobre as paralisações, foram contados 146 votos a favor, 63 rejeições e 50 abstenções. No Rio Grande do Norte, as assembleias começaram nesta segunda-feira (19), e, por enquanto, o resultado parcial é de 74 votos contrários à proposta da Petrobras, nenhum a favor, e nenhuma abstenção. Sobre as paralisações, 63 trabalhadores votaram a favor, nenhum contra, e 4 se abstiveram. Vale lembrar que as assembleias no local seguem até dia 23 de dezembro.



Em diversos sindicatos, as assembleias ainda não foram finalizadas. Nos sindicatos unificados de São Paulo, já foram realizadas quatro assembleias, porém, o resultado parcial ainda não foi divulgado. No Rio Grande do Sul e Minas Gerais, as assembleias começaram ontem, 19/12. Também durante esta semana, iniciarão as assembleias no Sindiquímica Paraná e no Ceará/Piauí.F

 
 
 
Fonte: FUP

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Arquivo do blog