terça-feira, 6 de dezembro de 2016

PM do Rio reprime protesto contra pacote de medidas de Pezão

PMs invadem igreja ao lado da Alerj para jogar bombas em manifestantes


Policiais chegaram a se posicionar nos telhados próximos e até nas janelas da Igreja São José para atirar balas de borracha contra os manifestantes e cidadãos que passavam pelo centro do Rio. De acordo com a reportagem do UOL, os vidros do segundo andar da edificação estavam quebrados. A Igreja de São José foi construída em 1807. O prédio já foi utilizado como igreja Matriz da cidade do Rio de Janeiro e, de acordo com o Iphan (Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional), não apenas a igreja, mas todo o seu acervo, são tombados. 





Votação

Entre os projetos apresentados pelo governo de Luiz Fernando Pezão (PMDB) está o aumento da contribuição previdenciária de 11% para 14%, o adiamento para 2020 dos aumentos salariais aprovados em 2014 que entrariam em vigor em 2017, o fim dos programas Aluguel Social, Renda Melhor e Renda Melhor Jovem, cobrança de tarifa da balsa que vai de Ilha Grande e Paquetá para o Rio de Janeiro e limitação do bilhete único.

Segundo informações do Estadão, os deputados decidiram alterar o calendário de votações. Agora, as sessões irão até a próxima segunda-feira (12). Inicialmente, o plano era seguir com as votações até o dia 15. Os sindicatos de servidores estão agendando uma paralisação geral para os dias 14 e 15. 

Abaixo os vídeo do protesto no Rio:






Com informações das agências e Mídia Ninja

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ocorreu um erro neste gadget

Arquivo do blog

Amazon MP3 Clips