terça-feira, 31 de janeiro de 2017

Nilto Tatto: Golpe na Previdência

Nilto Tatto: Golpe na Previdência



Não se fala que a conta correta da Seguridade Social é superavitária. Nem que o governo está deixando de repassar impostos, e desviando recursos para o pagamento de juros da dívida pública. É uma forma evidente de tirar dinheiro da população que mais precisa (os aposentados e beneficiários de assistência social) para garantir a remuneração de quem ganha dinheiro no sistema financeiro.

 
A Associação Nacional dos Auditores Fiscais da Receita Federal (Anfip) propõe que, ao invés de retirar direitos, o governo precisa ajustar as receitas, isso é, o dinheiro que entra na conta da Previdência: melhorando a fiscalização, agilizando a cobrança de dívida ativa e reduzindo isenções.

 
Mas a campanha que a grande mídia vem fazendo quer convencer a população de que são os trabalhadores que têm que pagar esta conta.

 
A motivação é clara: garantir que os setores mais privilegiados abocanhem fatias maiores do orçamento público.

 
Os resultados desta reforma da previdência são claros – miséria, aumento da vulnerabilidade social, e retração econômica nos pequenos municípios. Milhões de brasileiros e brasileiras perderão o direito de se aposentar.



*Nilto Tatto é deputado federal pelo Partido dos Trabalhadores-SP

Fonte: Vermelho

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Arquivo do blog