terça-feira, 10 de janeiro de 2017

Porta de ônibus cai sobre passageiros durante embarque em Teresina

Internautas registraram na manhã desta terça-feira (10) a porta de um ônibus que caiu sobre os passageiros enquanto eles subiam no veículo. Na postagem da estudante Elane Araújo, a porta do ônibus caiu quando ele estacionou às 7h na rua Pedra Branca, bairro Pedra Mole, zona Leste da capital.
"Bom dia pra você que acorda cedo pra trabalhar/estudar e depende do transporte público desta cidade. Quem me conhece sabe dos perrengues que já passei e passo por depender de condução, mas o de hoje foi surpreendente", relatou a jovem.

Nenhum passageiro ficou ferido, mas a porta removida foi transportada dentro do próprio ônibus por um passageiro que a segurou. Ainda segundo a jovem, o veículo acabou lotando e seguiu o percurso normal mesmo sem a porta.

Em contato com o Sindicato das Empresas de Transportes Urbanos de Passageiros de Teresina (Setut), o órgão afirmou em nota que o regulamento do transporte coletivo proíbe que veículos sem condições de segurança possam trafegar. Caso ocorra algum problema que comprometa a segurança dos passageiros, o regulamento determina que a viagem seja cancelada, os passageiros transportados em outro ônibus e o veículo seja levado imediatamente para a garagem para a devida manutenção.

Qualquer comportamento contrário à essas orientações, são de responsabilidade do condutor do veículo em operação.


Enquanto isso internautas Internautas reagem nas redes sociais contra declarações do Setut e lançam hashtag 


Os manifestantes e apoiadores dos protestos contra o aumento da passagem de ônibus em Teresina reagiu aos comentários do diretor administrativo do Sindicato das Empresas de Transporte Urbano de Teresina (Setut), Marcelino Lopes, que classificou as manifestações como ato de “desocupados e bandidos”. 

Além disso, ressaltou que o incêndio de um ônibus, durante a manifestação de ontem (09), na Avenida Frei Serafim, foi vandalismo. 

Os manifestantes protestam contra o aumento da tarifa para R$ 3,30 na capital. Antes do reajuste concedido pela prefeitura no início deste ano, a passagem era R$ 2,75.

Eles estão concentrados, principalmente, na Avenida Frei Serafim, que por diversas vezes já foi palco de protestos contra o reajuste da passagem de ônibus. Hoje é o terceiro dia de manifestação. A primeira ocorreu na última sexta-feira (6)

As respostas para a declaração do diretor foram imediatas nas redes sociais por meio da hashtag #VandalismoemTHEé:

*

*

*

*

*

*

*

*



 
 
Fonte: Cidade Verde

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Arquivo do blog