segunda-feira, 6 de fevereiro de 2017

Com polícia paralisada por melhores salários, ES vivencia caos

 


No DML (Departamento Médico Legal), na capital, Vitória, corpos estão espalhados por corredores da instituição.

 
As manifestações se estenderam para outros batalhões durante o fim de semana e, de acordo com a Associação de Cabos e Soldados da Polícia Militar (ACS) já atingem todos os batalhões do estado. A ACS informou que o salário-base de um policial no estado é R$ 2,6 mil, enquanto a média nacional chega a R$ 4 mil.

 
A entidade argumenta que há anos os policiais não têm aumento salarial e que 
essa situação acabou por motivar esposas e familiares dos policiais a fazerem as manifestações em frente aos quartéis.

 
Em menos de um mês no cargo, o coronel Laércio Oliveira deixou o posto. Quem vai assumir a chefia da PM no estado é o coronel Nilton, informou o secretário de Segurança Pública do estado, André Garcia, na manhã desta segunda-feira (6).

 
O Governo Federal anunciou que autorizará o envio das Forças Armadas e da Força Nacional ao Espírito Santo. De acordo com o Ministério da Justiça, 200 homens da Força Nacional devem chegar a Vitória até o início da noite desta segunda-feira (6).







Fonte: Vermelho  /  agências 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ocorreu um erro neste gadget

Arquivo do blog

Amazon MP3 Clips