sábado, 1 de abril de 2017

“É impossível não sentir vergonha do que está acontecendo no Brasil”

 Foto: Nelson Jr./SCO/STF (25/10/2016)

O ministro Luís Roberto Barroso, do Supremo Tribunal Federal (STF), fez um desabafo sobre a sucessão de escândalos de corrupção que abalam o País. Durante palestra em evento no Superior Tribunal de Justiça (STJ), em Brasília, nessa sexta-feira, 31, Barroso disse que é impossível não sentir "vergonha" diante dos últimos acontecimentos do noticiário. 


"É impossível não sentir vergonha pelo que está acontecendo no Brasil e não podemos desperdiçar a chance de fazer com que o futuro seja diferente. Nós nos perdemos pelo caminho e precisamos encontrar um caminho que nos honre como projeto de País e nação", disse Barroso.


"É uma prática institucionalizada, que vai do plano federal, passa pelo estadual e chega ao municipal. Pode ser na Petrobrás, no BNDES, na Caixa Econômica, nos fundos de pensão, no Tribunal de Contas do Estado A, B ou C, tudo está contaminado pelo vício de levar vantagem indevida, pra deixar de fazer o que se tem de fazer", comentou.


O magistrado criticou a prática do Caixa 2, cuja anistia a quem praticou é abertamente defendida pelo seu colega de Corte, o ministro Gilmar Mendes, e disse que a medida "frauda a democracia".


"O caixa 2 frauda a democracia, porque faz com que quem tem mais dinheiro tenha mais representatividade do que quem tem menos dinheiro. O caixa 2 frauda o sistema democrático, a representação popular", criticou, ressaltando que a não declaração de doações tem se tornado uma "prática institucionalizada". 




Fonte: Brasil 247

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Arquivo do blog