sábado, 13 de maio de 2017

Centrais sindicais preparam o Ocupa Brasília para 24 de maio

Previsão é de que a votação da reforma da Previdência ocorra no dia 24 ou no dia 31 deste mês

Ato será realizado contra as reformas trabalhista e da previdência

 

Na próxima quarta-feira (17), movimentos sociais e centrais sindicais irão para Brasília para pressionar os congressistas contra a Proposta de Emenda Constitucional 287, mais conhecida como reforma da Previdência. Já a partir de segunda-feira (22), as centrais prometem aumentar a pressão sobre os parlamentares em suas bases eleitorais nos Estados para não votarem a favor da reforma.


A comissão especial da reforma da Previdência concluiu a análise da proposta na última terça-feira (09), e agora o texto segue para votação em dois turnos no plenário da Câmara dos Deputados. São necessários três quintos dos votos no plenário para aprová-lo, o que equivale ao voto de 308 dos 513 deputados.


O deputado Ivan Valente (PSOL-SP) avaliou que o resultado na comissão não foi favorável ao governo e citou o fato de que a base teve que trocar membros da comissão para conseguir a margem para aprovação. Para Valente “o governo não têm segurança sobre os 308 votos”.


A previsão é de que a votação ocorra no dia 24 ou no dia 31 deste mês. No dia 24, os movimentos populares anunciaram uma marcha e ocupação de Brasília contra as reformas trabalhista e da previdência e a saída de Temer do governo.

 

 

Fonte: Brasil de Fato

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ocorreu um erro neste gadget

Arquivo do blog

Amazon MP3 Clips