segunda-feira, 17 de julho de 2017

Caixa reabre programa de demissão para enfraquecer sistema público

 

Outra medida anunciada pela Caixa, ainda em março passado, seria o fechamento, fusão, diminuição de estrutura ou remanejamento de cerca de 100 a 120 agências, que segundo a empresa, seriam deficitárias. A Caixa informa que "o objetivo é ajustar a estrutura ao cenário competitivo e econômico atual, buscando mais eficiência do banco".

 
Entretanto, na prática, o Programa faz parte do conjunto de medidas têm o objetivo de apequenar os bancos públicos no mercado e, em contrapartida, fortalecer o sistema financeiro privado. Além do processo de demissão voluntária, cresce nos bancos públicos o processo de terceirização e precarização das relações de trabalho.

 
Segundo o dirigente do Comando Nacional dos Bancários, Emanoel de Jesus, “a destruição do sistema público é parte da negociação do golpe a ser entregue por Michel Temer ao capital financeiro. Outra parte está ligada à Reforma da Previdência que oferecerá aos bancos privados possam vender, entre seus produtos, seus pacotes de previdência privada”, denunciou.

 
Para Emanoel, a estratégia do governo é o da reestruturação, com drástica redução do quadro de pessoal, fechamento de agências e enfraquecimento destas instituições no âmbito do sistema financeiro nacional.





Nenhum comentário:

Postar um comentário

Arquivo do blog