domingo, 23 de julho de 2017

OS DOIS LADOS DA LAVA JATO




As consequências da lava jato na economia são uma tragédia sem precedentes, indústrias que pareciam ter se recuperado foram jogados ao lixo. Um grande exemplo é a indústria naval que após anos na UTI chegou a gerar 50 mil empregos antes da lava jato, hoje morre a míngua. 

O que falar da Petrobras que agora vale 15 vezes menos do que valia antes da operação lava jato? Mas na contramão desse cenário um mercado vem crescendo. E parece ser bem lucrativo, sim esse mercado existe e é defendido por ninguém menos que o coordenador da operação, o procurador Deltan Dallagnol. 

Você deve está curioso e se perguntando que mercado é esse? Eis a resposta; o mercado de palestras. E desde que começou a operação, o procurador Dallagnol tem feito palestras por todo o país. Inclusive sendo chamado para palestras fora do Brasil.

O que chama a atenção são os valores que são verdadeiros descalabros e que não sabemos os critérios para tal cobrança. No dia 04/07/2017, por exemplo, o ingresso foi de R$ 80,00. Mas em outro evento chegou a ser cobrado 40 mil reais.



Após denuncias de que o mesmo estaria usufruindo da lava jato para a comercialização de palestras para enriquecimento próprio, assim usando de informações privilegiadas, a corregedoria do MP se pronunciou há exatos 30 dias.  






Dallagnol, claro que se defendeu usando as redes sociais como faz de costume para atacar desafetos.


No mesmo dia o Jornal valor econômico informou que o procurador Deltan Dallagnol recebeu R$ 219.000,00 por palestra


Em 2016 Dallagnol foi palestrante 12 vezes. O que renderia R$ 2.628.000,00 corroborando com os valores informados por esse blog no "artigo Lula, Moro, Dallagnol e às palestras" publicado no dia 21/07/2017. 

Desde que começou à Lava Jato Dallagnol já participou de pelo menos 50 palestras, ao contrário do o MP ver nas palestras de Lula as palestras de Dallagnol vão muito bem e não passa pela cabeça do MP a acusação de lavagem de dinheiro por parte do procurador.

O que nos espanta é tanta procura de valores e fatos em cima de Lula, quando na verdade o "esquema" de palestras já acontece há muito anos em vários países. E no Brasil e em todo mundo é uma pratica licita e encontram-se palestrantes em diversos segmentos do mescado. Nunca alguém foi investigado por isso como lavagem de dinheiro ou ou crime qualquer. Mais Lula pra eles é crime, pois assim se faz por convicção. Prova que é bom nada.

Mas o ex-presidente e possível presidenciável pelo PT precisa passar a limpo todas às suas palestras. Tendo o mesmo ser praticamente obrigado a detalhar ponto a ponto. Coisa que FHC e muitos outros por exemplo jamais assim tiveram que fazer. Mais mesmo assim o medo disfarçado de Lula presidente é tão claro, quanto a falta de provas para condena-lo. Isso quem diz são os maiores juristas do Brasil e até do mundo. Então se for para investigar palestras e palestrantes, que assim o faça com todos.





Texto: Pedro Oliveira/Gabriel Hammer
Informações do Twitter/Valor Economico
Edição final: G. Hammer 

VEJA TAMBÉM: 




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ocorreu um erro neste gadget

Arquivo do blog

Amazon MP3 Clips