segunda-feira, 9 de julho de 2018

Imprensa internacional repercute anúncios de soltura de Lula

A imprensa internacional repercutiu a decisão do desembargador Rogério Favreto de soltar o ex-presidente brasileiro Luiz Inácio Lula da Silva neste domingo (08). Televisões, jornais e emissoras de rádio do mundo inteiro acompanharam os anúncios contraditórios feitos durante o dia.

   

Embora o embate entre os juristas tenha acontecido no fim da tarde de domingo, devido ao fuso-horário, os internautas puderam acompanhar o embate em tempo real pela internet.

 

França

 

“Um juiz ordena a liberação enquanto outro bloqueia”, dá em título a revista francesa Obs, lembrando que o anúncio de Favreto “caiu como uma bomba no Brasil”. Já o diário francês Libération fala de “queda de braço jurídica”.

O jornal Le Monde ressaltou a "sensação" causada pelo pedido de soltura e atentou para o fato de que o juiz Sérgio Moro escreveu o despacho contra a soltura de Lula enquanto estava de férias. Segundo artigo publicado na versão online, foi feito "um teatro político para não cumprir ordens".


 

Portugal

 

O Público, de Portugal, adotou uma manchete objetiva e falou na "queda de braço" que resultou na "suspensão da ordem de libertação de Lula da Silva".

No editorial, o veículo afirma que o Judiciário brasileiro é o reflexo de um Brasil dividido: "A cacofonia judicial só serve para amplificar a descrença, o desespero e o discurso fascista de Bolsonaro".


 

Itália

 

O jornal italiano La República disse que houve um embate entre os juízes em torno de Lula e profetizou que esta não será a última batalha travada para soltura do ex-presidente.

 

Alemanha

 

A revista Der Spiegel, da Alemanha, afirmou que essa "luta entre juízes" terá influências diretas nas eleições deste ano, visto que Lula está "claramente à frente nas pesquisas" de intenção de voto.

Os diferentes veículos que repercutiram o assunto pelo mundo lembraram que Lula aparece como favorito na corrida presidencial.




Fontes: Vermelho / Brasil de Fato e Opera Mundi
LEIA TAMBÉM: 

Fundação Internacional de Direitos Humanos concede a Lula status de preso político


 

 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Arquivo do blog