quarta-feira, 4 de julho de 2018

Milhares irão a Brasília para registrar no TSE candidatura de Lula

 

Movimentos sociais, partidos de esquerda, centrais sindicais, artistas e intelectuais preparam uma grande manifestação no dia 15 de agosto em Brasília, dia em que a candidatura do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva a presidente será registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

Os apoiadores de Lula farão uma marcha que deve sair da cidade de Luziânia três dias antes e terminar com grande ato na capital federal que deve reunir milhares de pessoas. 

A senadora Gleisi Hoffmann, presidente nacional do PT, defendeu a mobilização para registrar a candidatura de Lula. "É muito importante a movimentação que estamos fazendo aqui fora pela afirmação da candidatura de Lula. Queremos reunir milhares de pessoas no dia e, junto com o povo, confirmá-lo na disputa", conta Gleisi.

Sobre o encontro recente que teve com Lula em Curitiba, Gleisi tratou de animar a militância. "Ele está com a cabeça ótima, com a saúde de um garoto de 25 anos. Mais do que indignado pela atuação do Judiciário ele está preocupado com a situação do Brasil. Das crianças brasileiras, com a falta de autonomia do governo, a soberania do país, com a falta de respeito perante o mundo, com a economia. O povo tem que voltar a ter confiança. É isso que ele quer. O povo sabe porque nós já fizemos isso", acrescenta.

Um dos organizadores do ato, Alexandre Conceição, que pertence à coordenação Nacional do MST, explica a importância da manifestação em defesa de Lula candidato. "Queremos convocar todos aqueles que acreditam na inocência do Lula e que estão na luta contra o golpe e os ataques à democracia. A marcha é um recado de paz para o Brasil", explica , um dos 

Para a vice-presidenta Nacional da CUT, Carmen Foro, além do peso simbólico de sair às ruas em defesa de um candidato que lidera todas as pesquisas mesmo mantido como preso político, o ato também é estratégico. "Não há como fazer justiça sem ouvir o que o povo quer. E as propostas de Lula estão em sintonia com o desejo da maioria. No ato, vamos estar todos juntos nas ruas de Brasília em sua defesa", espera.



Fonte: Brasil 247

2 comentários:

  1. Um ano de muita luta. Cada mês, cada semana, cada dia deve ser de luta. Só venceremos se lutarmos. Sem luta não há vitórias.

    ResponderExcluir
  2. A primeira queixa de Lula foi apresentada ao Comitê em julho de 2016 pelo advogado Geoffrey Robertson e trata da parcialidade de Sérgio Moro na condução do processo.
    (leia e tudo e veja o vídeo no link)

    https://gabrielhammer.blogspot.com/2018/07/lula-anuncia-que-onu-ira-investigar-seu.html

    ResponderExcluir

Arquivo do blog